VÍDEO: Empresário morre após carro de luxo se partir ao meio em grave acidente em Santa Catarina

Vítima fatal foi identificada como Roberto Angeloni, gerente da famosa rede de supermercados catarinenses que leva o seu sobrenome; perícia da PRF indicou velocidade acima da permitida


Matéria Atualizada às 19h35

Um grave acidente de trânsito deixou uma pessoa morta na BR-101, em Biguaçu, na Grande Florianópolis, em Santa Catarina. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o fato aconteceu por volta das 11h30, deste domingo (28). A vítima fatal foi identificada como Roberto Angeloni, de 51 anos, gerente da famosa rede de supermercados catarinenses, que leva o seu sobrenome.

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Luiz Graziano explicou a dinâmica do acidente:


“Hoje por volta das 11h30 da manhã, aconteceu um gravíssimo acidente na BR-101, km 185 – Biguaçu, em frente ao posto “Tijuquinhas”, no sentido Norte. Uma Mercedes, ela vinha em uma velocidade acima do permitido é o que a perícias da PRF já concluiu, mas a perícias esta em andamento. Ele passou por algumas ondulações, que tem ali na região, perdeu o controle do veículo, o veículo derrapou, quase bateu na mureta do lado esquerdo, ele puxou para o lado direito, colidiu com uma caminhonete Ranger, que vinha pela faixa da direita, colidiu no para-lama esquerdo da Ranger, ele saiu da rodovia, entrou no pátio do posto e bateu de frente em um poste. Derrubou o poste e a Mercedes ficou dividida no meio. O motorista, seu Roberto Angeloni, de 50 anos, proprietário, ele morreu no local”, informou Graziano.


Conforme a PRF, na Ford/Ranger havia um casal. A passageira apresentou lesões leves. Ela foi encaminhada para atendimento no hospital, mas já havia sido liberada. Segundo Luiz Graziano, não há comprovações que indicam que Roberto Angeloni participava de um ‘racha’, uma corrida ilícita praticado em áreas urbanas, rural ou rodovias.