Justiça decreta 31 anos de prisão para ex-prefeito de município Catarinense

O ex-parlamentar vai responder por corrupção ativa

ClicRDC

Informações: TJSC

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), determinou nesta terça-feira (3), a prisão contra o ex-prefeito de Lages (SC), Elizeu Mattos. Ele foi condenado a 31 anos de reclusão pelos crimes de organização criminosa, corrupção ativa, dispensa indevida de licitação e fraude a licitação.

Elizeu foi réu em um processo que apurou o esquema de corrupção em contratação de empresa para administrar fornecimento de água e saneamento no município onde chefiava o Poder Executivo. Esta foi uma das maiores penas já impostas pela Justiça catarinense em casos de crime de corrupção por representante público.

Os argumentos apresentados pela defesa, não foram suficientes para mudar a decisão do TJSC. Sendo assim o ex-prefeito Elizeu Mattos, foi condenado a 31 anos de prisão.