OUÇA AO VIVO

Início SAÚDE Sete crianças estão internadas em leitos de UTI em Chapecó por conta...

Sete crianças estão internadas em leitos de UTI em Chapecó por conta da Covid-19

São moradoras de Chapecó e outros três municípios da região

|

IMAGEM ILUSTRATIVA – Foto: Arquivo/ClicRDC

Sete crianças estão internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em hospitais da rede pública de Chapecó por conta da Covid-19. Duas das crianças residem em Chapecó (SC). As outras cinco são de municípios da região. As informações foram confirmadas com a equipe do Hospital Regional do Oeste (HRO). Os dados são referentes aos números coletados até quinta-feira (25).


LEIA TAMBÉM: Médica infectologista explica aumento no número de mortes em Chapecó


De acordo com os dados repassados pela assessoria do HRO, além dos dois pacientes chapecoenses, há crianças de Guatambu (1), Xaxim (1) e Maravilha (3) internadas na UTI em Chapecó.

Um dos pacientes está internado no Hospital da Criança e os outros seis estão no HRO. As crianças tem entre 1 e 10 anos.

Em entrevistas recentes, profissionais da área da saúde – que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 – têm informado que houve aumento no número de pacientes, com idades mais jovens, que precisaram de internação por ter o quadro de saúde agravado pela doença.

Mortes de bebês

Um bebê de um mês e 28 dias está entre as 248 mortes causadas pela Covid-19 no município. Ele faleceu na última semana, no dia 16 de fevereiro. O bebê é a vítima com a idade mais nova entre as pessoas que faleceram pela doença, no município..

Em Chapecó, também ocorreu a morte de um bebê de 10 meses – que era morador de Quilombo – no Oeste catarinense. O menino estava internado há sete dias no HRO e morreu na terça-feira (23), mas a morte foi confirmada na quinta-feira (25), pela . Os pais do bebê também foram diagnosticados com a doença.

Mortes em Chapecó

O município contabilizou, nesta sexta-feira (26), 248 mortes de moradores – causadas pela Covid-19. Nesta sexta-feira, com mais 15 óbitos confirmados, o município ultrapassou neste ano, o número de mortes de 2020. Dos 248 falecimentos, 123 aconteceram em 8 meses do ano passado e 125 neste ano.

Situação em Chapecó

Chapecó está com 5.150 casos ativos de coronavírus. Nas últimas horas, foram 511 novos pacientes assintomáticos. É o maior número de casos ativos desde o início da pandemia. No total, 24.467 casos confirmados de coronavírus – foram 925 novos diagnósticos somente nas últimas 24h. Destes, 19.069 são considerados recuperados. No município, 991 pessoas aguardam resultados de exames- são casos suspeitos.

A rede de saúde de Chapecó registrou o maior número de internações dos últimos tempo -ao atingir 318 internados. Do total, 97 estão em leitos de UTI Covid – 64 na rede pública e 33 na Unimed. Há 124 pessoas internadas em leitos de enfermaria, 65 na rede pública e 59 na rede privada. No município, tem ainda 97 pessoas internadas em outros setores – 81 na rede pública e 16 na rede privada.

Cuidados

A orientação dos profissionais da área da saúde é para que as pessoas mantenham o distanciamento social. Também usem máscara e álcool em gel. As pessoas diagnosticas com Covid-19 ou que estão com suspeita da doença devem ficar isoladas, para não transmitir o vírus – que já causou a morte de 248 chapecoenses.

O sistema de saúde está colapsado, conforme é divulgado diariamente pelos profissionais. Já falta leitos para atender pacientes com Covid-19. Mais de 140 pessoas do Oeste precisaram ser transferidas para outros municípios catarinenses por falta de leitos nos hospitais da região, segundo dados divulgados na segunda-feira.

122,811FansLike
41,652FollowersFollow
61,413FollowersFollow
3,090SubscribersSubscribe