Empresário do setor imobiliário de Xanxerê morre de coronavírus em hospital de Chapecó

Paciente estava internado desde 31 de julho e é a 22ª vítima da doença em Xanxerê

Xanxerê é o terceiro município com maior número de mortes no Oeste de SC – Imagem ilustrativa: Prefeitura Municipal/Facebook

A 22ª vítima de coronavírus em Xanxerê foi o empresário Neilor Antônio Sfredo, de 58 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu na manhã desta quinta-feira (13), no hospital da Unimed em Chapecó (SC). Segundo informações do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Sfredo – que atuava no ramo imobiliário – é pai da servidora Beatriz Sfredo Bocchi, da 2ª Vara da Família, Idoso, Órfãos e Sucessões da comarca de Chapecó.

O TJSC emitiu uma nota de falecimento e informou que o sepultamento do empresário ocorreu ainda na manhã de hoje.


Confira a Nota de falecimento do TJSC

Faleceu na manhã desta quinta-feira (13/8) o senhor Neilor Antônio Sfredo, 58 anos, pai da servidora Beatriz Sfredo Bocchi, da 2ª Vara da Família, Idoso, Órfãos e Sucessões da comarca de Chapecó.

Sfredo residia em Xanxerê, mas estava internado na Unidade de Terapia Intensiva, em Chapecó, desde 31 de julho. Ele era empresário do ramo imobiliário. O sepultamento ocorreu ainda na manhã de hoje.


O município de Xanxerê confirmou o 22º óbito por coronavírus, nesta quinta-feira (13), mas na ocasião não divulgou o nome do paciente. Segundo a informação divulgada pelo município, ele apresentava outras comorbidades.

Mortes em Xanxerê por coronavírus