FMI prevê inflação na Venezuela em 10.000.000% ao ano; desemprego pode chegar a 44,3%

Nesta terça-feira (9), o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou o novo relatório sobre as projeções para a economia mundial. Os dados indicam que a inflação na Venezuela pode chegar a 10.000.000%. Conforme o relatório, o país governado por Nicolás Maduro deverá alcançar, ainda, o percentual de 44,3% da população sem emprego.

Para comparação, em 1993, ano que antecedeu o lançamento do real, a inflação no Brasil foi de 2.477,15%. A economia deve encolher 25% este ano, isso depois de já ter caído 18% no ano passado.

Segundo a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, “a situação da Venezuela vai muito além do que se pode chamar de uma crise econômica. É uma Crise humanitária”, disse.

A produção de petróleo, que era de 3 milhões de barris por dia, já caiu para perto de 1 milhão de barris. O petróleo é quase a única fonte de receita em dólar e a principal fonte de arrecadação de tributos do governo.

*Informações G1