Obras na Leopoldo Sander devem começar após conclusão do elevado em Chapecó

Será construída uma passagem subterrânea para pedestres, próximo a subestação da Celesc

Próximo a subestação está previsto a construção de uma
passagem subterrânea para pedestres – Foto: Gloogle M
aps

Após a conclusão da obra do Elevado, a ordem de serviço para a duplicação da Leopoldo Sander deve ser dada. A informação foi confirmada pela secretária de Mobilidade Urbana, Luciane Stobe, que acrescentou que a via será toda revitalizada. Também haverá, próximo a Subestação da Celesc, uma passagem subterrânea para garantir a segurança dos pedestres. Ainda devem ser instaladas rotatórias para melhorar o acesso de motoristas na avenida. O investimento deve ser de aproximadamente R$ 25 milhões.


“Nós vamos ter algumas rotatórias –  essa é uma outra demanda da comunidade-, pois o motorista que vem do bairro Alvorada, e tenta entrar na Leopoldo Sander,  não consegue – fica muito tempo tentando entrar e não consegue mobilidade urbana. Vamos ter mais duas rotatórias – que é para garantir que a pessoa vá até a Leopoldo Sander, consiga fazer o retorno e também entre com segurança na Avenida”, explicou.

Conforme a secretária, a empresa que irá desenvolver a obra já foi contratada e o projeto já está pronto.


“O prefeito dará a ordem de serviço  para ela assim que terminar a obra do elevado. Então, entre março e maio tem ordem de serviço com a possibilidade de aporte de recursos”, acrescentou.


A obra do elevado, segundo informou Stobe, está prevista para terminar em maio, com possibilidade de terminar antes. Ela explicou que – referente a região do bairro Efapi – há algumas intervenções previstas, mas que não são feitas todas ao mesmo tempo por conta da tolerância dos usuários.


“Nós temos o problema do nível de tolerância do usuário –que vai acabar de sair de uma encrenca – que é um canteiro de obras –  e já entra em outra . Por isso, esperamos terminar uma, para começa a outra”, explicou.


Pequeno elevado

A secretária informou que também será feito um pequeno elevado entre o bairro Cristo Rei e El Dourado III, que servirá para fazer uma conexão entre os bairros.

“O trânsito pesado continua passando pela Leopoldo Sander e quem quiser conectar do cristo rei e ir ao El dorado e do El dorado ao Cristo Rei vai pelo elevado”, disse.

A obra, no entanto, será menor do que a do Elevado próximo a BRF. “Vai ser apenas uma transposição por cima da pista da Leopoldo Sander”.

Ciclovia

Além da passagem subterranea, instalação de rotatórias e um pequeno elevado, a Leopoldo Sander contará com ciclovias. Conforme Luciane, elas farão conexões com a região das universidades e com a Avenida Fernando Machado.