Auxiliar de juiz é investigada pelo TJSC suspeita de alterar processos mais de 400 vezes - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

Auxiliar de juiz é investigada pelo TJSC suspeita de alterar processos mais de 400 vezes

Informações G1

Uma comissão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) investiga uma auxiliar de juiz por suspeita de ter alterado processos por 447 vezes. A servidora é mulher de um advogado e conforme as informações ela alterou as ações em que ele participava.

O TJSC determinou a instauração de um processo administrativo disciplinar (PAD) contra ela, conforme publicado no Diário da Justiça de terça-feira (16).

De acordo com o Diário da Justiça, a servidora elaborou minutas de despachos, decisões interlocutórias e sentenças. Também criou, alterou ou excluiu documentos e juntou comprovantes de ordem de bloqueios judiciais em processos no qual o marido dele é o advogado.

Ainda segundo o Diário de Justiça, ela foi advertida em 2018 pelo juiz do qual é auxiliar para não trabalhar em processos em que houvesse impedimento legal. Mesmo assim, a servidora continuou a mexer nas ações relacionadas ao marido.

Dessa forma, conforme o Diário de Justiça, ela desrespeitou dois artigos do Código de Processo Civil, que impede que os auxiliares de juízes exerçam funções em processos de cônjuges. A servidora deve responder por improbidade administrativa.

Uma comissão com três servidores foi montada e começou a atuar na quarta-feira (17) para investigar o caso. Eles têm prazo de 60 dias para conclusão dos trabalhos.