Ventos de até 108km/h causaram estragos em Chapecó

Município registrou uma morte e diversas ocorrências destelhamentos, quedas de árvores e galhos; confira a lista de bairros mais atingidos pela ventania

Foto: Secom/Chapecó

A prefeitura de Chapecó informou que a Defesa Civil de Santa Catarina registrou ventos de 108km/h no município, na tarde desta terça-feira (30). Além da morte de uma idosa, de 78 anos, no bairro Quedas do Palmital, a Administração Municipal registrou 350 ocorrências de destelhamentos, quedas de árvores e galhos. Até o momento, não há informações de família desalojada ou desabrigada.

Segundo a Administração Municipal, equipes da Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade (SEDEMOB), por meio da Defesa Civil, Guarda Municipal e Agentes de Trânsito, Secretaria de Infraestrutura Urbana (SEINFRA) e Superintendência da Efapi estão nas ruas para atender a população.

Agentes de Trânsito e Guardas Municipais estão nas vias para orientar o tráfego e isolar as áreas atingidas. Até o momento, 13.400 mil m2 de lona foram distribuídos à população afetada. Nesta terça-feira, 214 moradores retiraram lona na SEDEMOB.

Secretaria de Infraestrutura Urbana (SEINFRA) – Está com equipes de drenagem (1) e podas (2). Elas atuam nos pontos críticos, um total de 50 servidores está nas ruas. Três máquinas auxiliam no trabalho.

A Superintendência da Efapi trabalha com as equipes de apoio na Avenida Ernesto José De Marco para liberar a via. Atua também na desobstrução de estradas e corte de galhos no Loteamento Zanrosso e comunidade Faxinal dos Rosas.


Pontos mais afetados:

Segundo a prefeitura de Chapecó, os bairros mais afetados são: Quedas do Palmital, (onde uma idosa morreu), Bela Vista, Engenho Braun, região da Av. Ernesto José De Marco (Araras), Santa Rita, Alvorada, Eldorado, Líder e Desbravador;

A avenida Ernesto José De Março (Araras) está bloqueada, por tempo indeterminado. Houve queda de três postes da rede de energia elétrica. Equipes da Guarda Municipal e Agentes de Trânsito isolaram o local para possibilitar o trabalho da Defesa Civil e da Celesc;

Na Av. Leopoldo Sander teve quedas de árvores e postes;

Na Rua Sete de Setembro, entre a Osvaldo Aranha e a 14 de Agosto, houve queda de árvore de grande porte e de fios da rede elétrica.

Secretaria de Juventude Esporte e Lazer (SEJEL) registrou estragos no telhado e em uma parede do Ginásio do Bairro Universitário. No Complexo Esportivo Verdão teve queda de árvores;

A Secretaria de Saúde (SESAU) informou que alguns Centros de Saúde estão sem luz.

Atendimentos do Corpo de Bombeiros

As equipes atuam para auxiliar os moradores atingidos por destelhamentos a restabelecerem o conforto mínimo necessário. Atuam em oito Frentes nos bairros mais afetados, distribuindo lonas, cortando galhos e árvores para desobstruir as vias. O comando informou, ainda, que as equipes enfrentam problemas no sistema de comunicação.