Inmet prevê chuvas intensas no RS e em SC neste domingo

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê chuvas intensas neste domingo (12) em regiões de Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Informações Agência Brasil

Foto: Divulgação DCSC

De acordo com aviso do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o volume de chuvas deve ficar entre 20 e 30 milímetros por hora (mm/h) ou até 50 mm/dia, com ventos intensos de 40 a 60 quilômetros (km) por hora. A área afetada nos dois estados é: Grande Florianópolis, Planalto Sul Catarinense, Litoral Sul Catarinense, Depressão Central, Encosta Inferior do Nordeste, Encosta Superior do Nordeste, Campos de Cima da Serra, Planalto Médio, Litoral Gaúcho e Meio-Oeste Catarinense.

Segundo o Inmet, há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. O Inmet orienta que em caso de rajadas de vento, as pessoas não devem se abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Outra orientação é evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. O telefone da Defesa Civil nos estados é 199 e do Corpo de Bombeiros, 193.

Inundação e rajadas de vento

Na última sexta-feira (10), a Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu alerta, válido por 48 horas, para possibilidade de inundação em, Alvorada, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Gravataí, Novo Hamburgo, Porto Alegre, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Triunfo, São Jerônimo, Charqueadas, Eldorado do Sul e Nova Santa Rita. Outro alerta emitido na sexta-feira, também válido por 48 horas, foi para a possibilidade de inundação nos municípios de Uruguaiana e Itaqui, em função do aumento do nível do Rio Uruguai.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê chuvas intensas neste domingo (12) em regiões de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com aviso do Inmet, o volume de chuvas deve ficar entre 20 e 30 milímetros por hora (mm/h) ou até 50 mm/dia, com ventos intensos de 40 a 60 quilômetros (km) por hora. A área afetada nos dois estados é: Grande Florianópolis, Planalto Sul Catarinense, Litoral Sul Catarinense, Depressão Central, Encosta Inferior do Nordeste, Encosta Superior do Nordeste, Campos de Cima da Serra, Planalto Médio, Litoral Gaúcho e Meio-Oeste Catarinense.

Segundo o Inmet, há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Inmet orienta que em caso de rajadas de vento, as pessoas não devem se abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Outra orientação é evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. O telefone da Defesa Civil nos estados é 199 e do Corpo de Bombeiros, 193.

Inundação e rajadas de vento

Na última sexta-feira (10), a Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu alerta, válido por 48 horas, para possibilidade de inundação em, Alvorada, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Gravataí, Novo Hamburgo, Porto Alegre, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Triunfo, São Jerônimo, Charqueadas, Eldorado do Sul e Nova Santa Rita. Outro alerta emitido na sexta-feira, também válido por 48 horas, foi para a possibilidade de inundação nos municípios de Uruguaiana e Itaqui, em função do aumento do nível do Rio Uruguai.