Suspeito de furto em edifício é preso em Chapecó

Ele teria cometido o crime na madrugada de quinta-feira (12); O jovem é conhecido pela prática de furtos e teria praticado crimes em Chapecó

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Um jovem, de 18 anos, foi preso pela Polícia Civil na tarde de quinta-feira (19), em   em Chapecó (SC). Conforme a Polícia, ele é suspeito de furtar um edifício na esquina da avenida Brasília com a avenida Porto Alegre, em Pinhalzinho (SC), na última quinta-feira (12). De acordo com a Polícia Civil, ele é conhecido pela prática de furtos desde o ano de 2019. 

A Polícia  Civil informou que ele foi detido após entrar em uma residência no bairro Maria Goretti, em Chapecó. No local, a Polícia Militar (PM) foi acionada e deu cumprimento ao mandado de prisão do suspeito.

Em 20 de março de 2020, o homem é suspeito de ter entrado em dois apartamentos, na rua João Pessoa, em Pinhalzinho, e ter furtado objetos. Ele foi preso em flagrante, e ficou detido até o dia 10 de novembro deste ano. 

Dois dias após ser solto, na quinta-feira (12), ele voltou a furtar. O jovem é suspeito de entrar pela sacada do edifício e levar R$3 mil em espécie. Após o crime, ele fugiu para Chapecó – onde possivelmente teria praticado mais crimes, que são apurados, informou a Polícia Civil. 

Na tarde de quarta-feira (18), após pedido da Polícia Civil, com manifestação favorável do Ministério Público, a Justiça de Pinhalzinho decretou a prisão definitiva do suspeito. Ele foi encaminhado ao Presídio de Chapecó, onde permanece à disposição da Justiça.

Outros crimes

De acordo com a Polícia Civil, ele teria praticado diversos furtos em Pinhalzinho durante 2019, quando era menor de idade. “Sua especialidade era escalar muros e cercas e entrar nos apartamentos pela sacada”, informaram os policiais.

A Polícia disse que, em 20 de julho de 2019, ele furtou um veículo de um condomínio no centro de Pinhalzinho. Na ocasião, ele teria escalado três andares do prédio onde a vítima residia, entrado pela sacada do apartamento e pegado a chave do carro – um  Corolla branco. Depois, ele furtou o carro e abandonou-o em sequência. 

Ainda em julho, no dia 21, durante a madrugada, ele escalou até o segundo andar de outro prédio, localizado na avenida Porto Alegre, e levou duas bicicletas – uma delas foi recuperada. Dias depois, na madrugada de 29 de julho de 2019, ele escalou até o segundo andar de um hotel de Pinhalzinho e de lá subtraiu três televisores, dos quais um foi recuperado.

Outro furto foi praticado por ele na madrugada do dia 30 de julho de 2019. Na ocasião, ele e um comparsa, entraram pela janela de uma empresa localizada no Bairro Nova Divinéia, em Pinhalzinho, e levaram cerca de 300 reais em espécie. O valor foi recuperado. Depois deste caso, ele foi internado de forma provisória.