Sobrinha de Sérgio Moro é sequestrada durante assalto no Paraná

Garoto que estava com a jovem no momento do crime foi agredido com socos e chutes na cabeça

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Uma garota, de 18 anos, sobrinha do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro foi sequestrada durante um assalto em Maringá, no Paraná. O fato aconteceu na segunda-feira (17). Um garoto, também, de 18 anos, que estava junto com a jovem foi agredido pelo casal de criminosos e ficou ferido.  Ela foi solta, após os suspeitos perderem a direção do veículo e colidirem contra um barranco.

Segundo a Polícia Militar (PM), um homem e uma mulher armados se aproximaram e invadiram o carro da vítima. Mesmo sem reagir ao assalto, o jovem que estava junto com a sobrinha de Sérgio Moro foi agredido, com socos e chutes.

“A vítima está com bastante lesões a nível de crânio, face, tórax e, principalmente, pescoço”, explicou Pedro Correia, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Jornal Correio do Estado, do Paraná.

Conforme a PM, após as agressões os suspeitos roubaram todos os pertences das vítimas e um Renault/Sandero. Os assaltantes fugiram com o carro e levaram a jovem junto. Ela só foi liberada, depois que um dos criminosos perdeu o controle da direção e colidiu com um barranco.

A garota não se feriu e não precisou de atendimento médico. Segundo a PM, nenhum suspeito foi preso.