Morre o cão Max, do Canil da Polícia Militar de Chapecó - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Morre o cão Max, do Canil da Polícia Militar de Chapecó

Ele se destaca em Santa Catarina no combate ao tráfico de drogas e localização de armas

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Por volta das 2h, deste domingo (2) morreu o cão Max, do Canil da Polícia Militar (PM) de Chapecó (SC). Segundo a PM, a morte ocorreu por uma torção gástrica. O animal nasceu em no dia 15 de novembro de 2013 e no dia 08 de abril de 2014, ele foi doado ao Canil da PM.

A torção gástrica aconteceu na última sexta-feira (4). Ele foi levado a um veterinário para uma cirurgia de emergência. No sábado (5), Max teve complicações devido a uma hemorragia interna e após três paradas cardíacas o animal morreu.


Foto: Polícia Militar/Divulgação

Max atuava diariamente no combate ao tráfico de drogas e localização de armas em Chapecó. Ele se destacava entre os canis do Estado e ajudava ao 2º Batalhão de Polícia Militar em excelentes resultados obtidos nos últimos anos, com centenas de ocorrência bem sucedidas.

“Mais um guerreiro que a Polícia Militar perde, mas com a certeza do dever cumprido. Cão Max deixará imensa saudade a toda a equipe do Canil do 2ºBPM, e com certeza a todos que tiveram contato com mesmo, um cão sempre disposto, companheiro e fiel, cumprindo sempre toda e qualquer missão. Por nos jamais será esquecido, descanse em paz.”, escreveu a PM em um post no Facebook.


Foto: Polícia Militar/Divulgação
Comentários do Facebook