OUÇA AO VIVO

InícioSAÚDESaúde em Casa completa 10 anos de atendimento em Chapecó

Saúde em Casa completa 10 anos de atendimento em Chapecó


O Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) de Chapecó completou uma década de atuação neste ano, marcando uma trajetória de cuidado e dedicação. Desde sua implantação, o SAD atendeu 2.939 usuários em domicílio e realizou mais de 124 mil procedimentos, demonstrando sua importância no sistema de saúde municipal.

Segundo a coordenadora do serviço, Enfermeira Diana Augusta Três, “O SAD complementa os cuidados da atenção básica e dos serviços de urgência, com os principais objetivos de desospitalizar pacientes, reduzir a demanda por atendimento hospitalar e humanizar a atenção à saúde.” Diana também explicou que o serviço é gerido pelas Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD) e Equipes Multiprofissionais de Apoio (EMAP), responsáveis por atender tanto a área urbana quanto a rural do município.

Diana destacou a especialidade das equipes do SAD: “Nossas equipes são compostas por profissionais de diversas áreas, incluindo enfermeiros, auxiliares de enfermagem, médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais. Eles realizam visitas semanais aos pacientes, garantindo um acompanhamento contínuo e especializado.”

- Continua após o anúncio -

Gelcira de Fátima Albereci, mãe de Mauro, um dos pacientes atendidos pelo SAD, compartilhou sua experiência com o programa, destacando a importância e a qualidade do atendimento recebido:
“O serviço de atendimento domiciliar é excelente, um trabalho maravilhoso. A equipe toda junta é uma força imensa para mim, especialmente no começo, quando eu não sabia quem procurar. A equipe do Posto Norte me indicou esse serviço e eles mesmos entraram em contato. É uma força maravilhosa, tanto para mim quanto para o Mauro.”

Gelcira relata que a equipe do SAD organiza as consultas e a ambulância, facilitando o processo de atendimento: “Eles vêm até a nossa casa, agendando as consultas e a ambulância. Eu só preciso estar com ele pronto e esperando no dia marcado. Eles sempre me avisam um dia antes.”

Após um acidente, Mauro foi encaminhado para o SAD pela unidade de saúde da Norte. Desde então, tem recebido atendimento multidisciplinar. Gelcira expressa gratidão pelo cuidado e suporte oferecido pela equipe do SAD: “Ele tem fisioterapeuta, médica, e está sendo encaminhado para todos os exames conforme solicitado. Está sendo bem assistido e cuidado. Eu faço o que posso, apesar da idade e da falta de forças, mas estou fazendo o possível e o impossível.”

O SAD de Chapecó funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, recebendo novos encaminhamentos, principalmente da Atenção Básica, Hospital Regional do Oeste e Hospital da Criança. “Qualquer serviço da Rede de Atenção à Saúde (RAS) de Chapecó pode encaminhar usuários para avaliação do SAD,” afirma João Lenz, Secretário da Saúde de Chapecó.

Os critérios para admissão no SAD são variados e incluem situações de restrição ao leito ou domicílio, doenças agudas ou crônicas, alta hospitalar recente, necessidade de cuidados paliativos e uso de equipamentos como ventilação mecânica domiciliar. Lenz destaca a importância dos cuidadores no processo de atendimento. “Além disso, o serviço valoriza o papel dos cuidadores, capacitando-os para auxiliar no cuidado domiciliar conforme as necessidades de cada usuário”.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

146,000SeguidoresCurtir
103,500SeguidoresSeguir
55,600SeguidoresSeguir
12,800InscritosInscreva-se