Santa Catarina monitora 43 casos suspeitos de coronavírus

Pacientes com suspeita são monitorados em 16 municípios

Foto: Divulgação/Josué Damacena (IO)

A Secretaria da Saúde de Santa Catarina informou, na tarde de terça-feira (3), que o estado monitora 43 casos suspeitos de coronavírus. Os pacientes são monitorados em 16 municípios. A capital, Florianópolis, é a cidade que mais possui casos suspeitos – com o total de 12.

Para ser considerado um caso suspeito, o paciente deve apresentar febre, sintomas de respiratórios (tosses, espirros), além de ter viajado para um dos 16 países que apresentam transmissão ativa do coronavírus ou ter tido contato com algum paciente que possui o diagnóstico da doença. 

Os municípios com casos monitorados são:

Balneário Camboriú – 3

Blumenau – 2

Brusque – 1

Chapecó – 2

Concórdia -1

Criciúma – 1

Florianópolis – 12

Itajaí – 3

Itapema – 2

Joinville – 7

Pouso Redondo – 1

São Bento do Sul – 2

São João Batista – 1 

São José – 3

Tijucas – 1

Canelinha – 1

De acordo com a Secretaria da Saúde, quatro casos já foram descartados. No Oeste catarinense, apenas dois municípios apresentam casos suspeitos de coronavírus – sendo que dois deles estão em Chapecó. O caso investigado em Concórdia foi descartado na tarde de terça-feira (3), de acordo com a Administração Municipal .

Países que apresentam transmissão ativa

Atualmente, além da China – país que apresentou os primeiros casos da doença -, os países com transmissão local do coronavírus são: Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja.