O que já se sabe sobre a primeira vítima de febre amarela em Santa Catarina - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

O que já se sabe sobre a primeira vítima de febre amarela em Santa Catarina

Homem morreu dia 12 de março. Suspeita da doença foi confirmada nesta quinta, 28

O paciente que foi vítima da febre amarela tinha 36 anos e era morador do bairro Rio Bonito, no distrito de Pirabeiraba, que fica na zona Norte de Joinville. Ele faz divisa com Garuva e está inserido na zona rural da cidade.

A Prefeitura de Joinville não divulgou o nome da vítima, nem onde ele passou por atendimento. Também não há informações se ele sofria de outras doenças que podem ter complicado o quadro de saúde. Segundo o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), ele não havia tomado a vacina contra a febre amarela.

Leis Mais: Primeiro caso de morte por Febre Amarela é registrado em SC

A primeira morte causada por febre amarela de Santa Catarina foi confirmada depois de 53 anos do último registro de óbito pela doença no Estado. Ela foi verificada em um paciente que morava em Joinville e morreu em 12 de março. A confirmação foi divulgada pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) depois de uma investigação conjunta entre a Gerência Regional de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde de Joinville utilizando o Protocolo de Investigação de Óbitos Febre Amarela do Ministério da Saúde (MS).

Como o paciente não tinha registro de vacina no sistema e os sintomas coincidiam com os apresentados por pacientes com febre amarela, o caso foi enviado para o Instituto Carlos Chagas (ICC) – Fiocruz do Paraná, que realizou o diagnóstico laboratorial e confirmou o motivo da morte.

*Informações Diário Catarinense

Comentários do Facebook