Gripe A: Número de mortes sobe para 28 em SC neste ano - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Gripe A: Número de mortes sobe para 28 em SC neste ano

Chapecó segue com o maior número de casos confirmados da doença no estado

O número de mortes por gripe A subiu para 28 em Santa Catarina, neste ano. A maioria dos casos aconteceram em Joinville e Jaraguá do Sul, com quatro casos cada. Em Chapecó, foram registradas duas mortes pela doença em 2019. Foram confirmados 253 casos por influenza no Estado.


Os dados constam no boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC), divulgados na segunda-feira (22) e levam em consideração números apurados de dezembro até a última sexta-feira (19).

Conforme o boletim, além das mortes registradas em Joinville e Jaraguá do Sul, a doença também fez vítimas em Blumenau, Chapecó, São Bento do Sul e Tubarão com 2 casos cada município; Alfredo Wagner, Balneário Camboriú, Biguaçu, Brusque, Campos Novos, Canoinhas, Florianópolis, Guabiruba, Palhoça, São Francisco do Sul, São Joaquim e São João Batista com 1 caso cada.

A Dive informou no relatório, que a maioria dos casos de morte atingiram pessoas acima de 60 anos, das 28 mortes, 13 atingiram essa faixa etária. Entre o público de 50 a 59 anos foram registrados oito casos. As outras mortes atingiram pessoas de 40 a 49 anos, com 4 casos e de 30 a 39 anos, com dois casos.

Casos

Dos 253 casos confirmados por influenza, 207 foram pelo vírus H1N1, 23 pelo H3N2 vírus Influenza B e 01 encerrada por vínculo epidemiológico. Entre os municípios catarinenses, Chapecó segue com o maior número de casos confirmados da doença, até a última sexta-feira haviam 27 casos registrados na cidade.

Outros municípios que também apresentam números altos de caso confirmados, são: Florianópolis com 25; Blumenau com 22; Joinville com 21 casos; Balneário Camboriú com 12; e Brusque com 10 casos. Outras 60 cidades também registraram casos no estado.

Comentários do Facebook