Em sete dias, Procon realiza 129 atendimentos em Chapecó

Segundo a prefeitura, os atendimentos registrados são resultado da fiscalização em farmácias e comércio em geral

Procon de Chapecó – arquivo ClicRDC

Na manhã desta segunda-feira (23), o prefeito Luciano Buligon – durante a coletiva – informou que o Procon de Chapecó já realizou 129 atendimentos – parte são relacionados a preços abusivos. Os dados são referentes ao período de 16 de março até hoje. As denúncias são feitas pelo site do Procon e pelo telefone (49) 3319-1100.


Segundo a Administração, os atendimentos registrados são resultado da fiscalização as farmácias e comércio em geral – em relação aos preços de álcool em gel, máscaras, luvas e alimentos.

“Use o Procon, por favor nos ajudem, denunciem preços abusivos. Nos ajudem a manter esse controle. O Procon tem usado a fiscalização para manter os preços compatíveis nesse nosso momento de crise”, disse o prefeito.


Dados

De acordo com os dados repassados, desde dia 16 de março até segunda-feira (23) foram 52 atendimentos / denúncias realizadas e 77 reclamações feitas pelo site.

• Até sexta-feira (20) – 19 atendimentos/denúncias e 24 recomendações;
• Final de Semana – dias 21 e 22 –Dois atendimentos/denúncias;
• Segunda-feira 23 – 07 atendimentos/denúncias;
• Total de atendimentos desde a data de 16 – 52;
• 77 reclamações através do site;
Total : Atendimentos/denúncias + recomendações. 52 + 77 = 129