OUÇA AO VIVO

Início SAÚDE Em 57 dias de 2021, Chapecó registrou mais mortes por Covid-19 do...

Em 57 dias de 2021, Chapecó registrou mais mortes por Covid-19 do que em 8 meses de 2020

A maioria aconteceu em 26 dias de fevereiro

|

IMAGEM ILUSTRATIVA – Foto: Leonardo Vassoler / ClicRDC- Arquivo

Chapecó ultrapassou, em menos de dois meses, o número de mortes por Covid-19 registrado em 2020. Em 57 dias de 2021, o município registrou 125 óbitos por conta da doença, enquanto que em 8 meses de 2020, foram contabilizadas 123 falecimentos de chapecoenses. Dos óbitos registrados neste ano, a maioria aconteceu em fevereiro. Enquanto janeiro contabilizou 17 mortes, o segundo mês do ano registrou 108 óbitos. No total, 248 moradores da Capital do Oeste faleceram por causa da doença, desde o início da pandemia.

O recorde negativo para o município foi atingido, nesta sexta-feira (26), após serem confirmadas mais 15 mortes – das quais seis aconteceram nas ultimas12h. De acordo com o boletim diário, Chapecó ultrapassou 5 mil casos ativos de coronavírus – no total, 5.150 pessoas estão com sintomas da doença.

Nove dias: 75 mortes

O ClicRDC realizou um levantamento de mortes causadas pela Covid-19, que aconteceram entre quinta-feira (18) e essa sexta-feira (26). Nesse período, 75 moradores chapecoenses faleceram no município. Entre os nove dias, quarta-feira (24) foi o que registrou mais mortes – com 14 óbitos registrados somente naquele dia, ou seja, 14 pessoas que moravam em Chapecó faleceram naquele dia por conta da doença.


Confira levantamento de mortes por dia (de 18 a 26 de fevereiro), feito com base no boletim diário da Administração Municipal:

Quinta-feira (18) – 8 mortes
Homens de 75, 71, 83 ,60 e 58 anos,
Mulheres, de 48 ,58 e 51 anos

Sexta-feira (19) – 4 mortes
Homem de 78 anos
Mulheres de 74, 67 e 83 anos

Sábado (20) – 5 mortes
Homens com 45 e 62, 61 anos
Mulheres de 66 e 63 anos

Domingo (21) – 11 mortes
Homens com 52, 73, 76, 84, 85, 85 e 89 anos,
Mulheres 75, 70, 90, 60.

Segunda-feira (22) – 11 mortes
Homens de 60, 81, 29, 60, 65 e 53 anos;
Mulheres de 70, 76, 47, 60, 45 anos,

Terça-feira (23) – 7 mortes
Homens de 75 e 65 anos
Mulheres de 66, 54, 61 e 73, 69 anos

Quarta-feira (24) – 15 mortes
Homens de 63, 83, 77, 70, 53, 79,46, 66 e 86 anos
Mulheres de 48, 77, 62, 30, 67 e 79 anos.

Quinta-feira (25) – 8 mortes
Homens 67, 68 48, 50, 65 e 75, 58 anos
Mulher de 66 anos

Sexta-feira (26) – 6 mortes
homens de 46, 70, 86 anos
mulheres de 67, 91 e 92 anos


Fevereiro: o mês que registrou mais mortes

Fevereiro foi o mês que mais registrou mortes por conta da Covid-19, desde o início da pandemia. No segundo mês do ano, 108 moradores de Chapecó faleceram em decorrência da doença. As mortes aconteceram em um período de 26 dias. Ainda faltam três dias (26,27 e 28) para encerrar o mês e o número de mortes pode ser ainda maior.

O segundo mês que mais contabilizou óbitos foi dezembro. Naquele mês, 31 pessoas faleceram pela doença.


Confira o levantamento feito com base nos dados dos boletins diários divulgados pela prefeitura. Nos dados constam as mortes confirmadas (divulgadas) em cada um dos meses.


LEIA TAMBÉM: Médica infectologista explica aumento no número de mortes em Chapecó


Cuidados

A orientação dos profissionais da área da saúde é para que as pessoas mantenham o distanciamento social. Também usem máscara e álcool em gel. As pessoas diagnosticas com Covid-19 ou que estão com suspeita da doença devem ficar isoladas, para não transmitir o vírus – que já causou a morte de 248 chapecoenses.

O sistema de saúde está colapsado, conforme é divulgado diariamente pelos profissionais. Já falta leitos para atender pacientes com Covid-19. Mais de 140 pessoas do Oeste precisaram ser transferidas para outros municípios catarinenses por falta de leitos nos hospitais da região, segundo dados divulgados na segunda-feira.


Quem são às vítimas da Covid-19: Mortes registradas em Chapecó desde o início da pandemia


Situação em Chapecó

Chapecó está com 5.150 casos ativos de coronavírus. Nas últimas horas, foram 511 novos pacientes assintomáticos. É o maior número de casos ativos desde o início da pandemia. No total, 24.467 casos confirmados de coronavírus – foram 925 novos diagnósticos somente nas últimas 24h. Destes, 19.069 são considerados recuperados. No município, 991 pessoas aguardam resultados de exames- são casos suspeitos.

A rede de saúde de Chapecó registrou o maior número de internações dos últimos tempo -ao atingir 318 internados. Do total, 97 estão em leitos de UTI Covid – 64 na rede pública e 33 na Unimed. Há 124 pessoas internadas em leitos de enfermaria, 65 na rede pública e 59 na rede privada. No município, tem ainda 97 pessoas internadas em outros setores – 81 na rede pública e 16 na rede privada.

122,811FansLike
41,652FollowersFollow
61,413FollowersFollow
3,090SubscribersSubscribe