OUÇA AO VIVO

InícioSAÚDEDevido ao aumento dos casos da Covid-19, Prefeito de Chapecó e equipe...

Devido ao aumento dos casos da Covid-19, Prefeito de Chapecó e equipe da Saúde avaliam e adaptam estratégias

Confira algumas ações divulgadas hoje pelo município:

Foto: Divulgação PMC

Na tarde desta quinta-feira (13), no gabinete, o prefeito em exercício de Chapecó, Itamar Agnoletto reuniu o secretário de Saúde Luiz Carlos Balsan e equipe técnica da Secretaria para uma avaliação das ações implementadas durante a semana. Mediante os dados do último boletim da Covid-19, que aponta um acréscimo considerável no número de ativos, se faz necessária permanente vigilância para o cumprimento dos protocolos de saúde pública para frear o contágio pelo coronavírus.

Diante disso, a Administração informou que foram reforçadas as equipes de atendimento do Pronto Atendimento Efapi, que atende 24hs; do Ambulatório Verdão, que mantém o atendimento das 7h às 22h de segunda à sexta e das 7h às 19h no fim de semana; bem como para a UPA 24h.

As 26 Unidades Básicas de Saúde do Município seguem até o dia 21 de janeiro, de segunda a sexta-feira, com atendimento integral, sendo atendimentos eletivos (gerais) na parte da manhã e de sintomas respiratórios à tarde. Estes ajustes visam otimizar a capacidade técnica da rede municipal de saúde e dar maior conforto aos pacientes, evitando filas.

- Continua após o anúncio -

Disponível também para vacinação, em livre demanda, todas as doses, na Unidade Básica de Saúde do Efapi, na manhã e tarde deste sábado.

Lembrando que o agendamento para vacinação, através do site www.chapeco.sc.gov.br , é recomendável para quem prima por comodidade e agilidade.

Importante destacar que o cronograma do vacimóvel já foi atualizado e está disponível no site e nas redes sociais oficiais da prefeitura.

A Vigilância Sanitária juntamente com a Guarda Municipal pedem a colaboração dos empresários, principalmente do setor de bares e entretenimento. Segundo a Administração Municipal, as abordagens de fiscalização nos estabelecimentos estão sendo reforçadas e aplicadas as devidas autuações. A multa para o descumprimento dos protocolos de segurança sanitária é de R$ 500, para pessoa física e até R$ 150 mil para CNPJ.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
58,889FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe