Cidade do Oeste Catarinense monitora homem que pegou voo com brasileiro infectado por coronavírus

O primeiro caso de coronavírus no Brasil foi confirmado na quarta-feira (26)

Foto: Arquivo/ClicRDC

A Secretaria de Saúde de Caçador, município do Oeste catarinense, monitora um homem, de 62 anos, que esteve no mesmo voo que o paciente de São Paulo, cujos exames confirmaram a infecção por coronavírus. A informação foi divulgada na quinta-feira (27) pela Prefeitura.

Todos os passageiros do voo AF 454, que saiu do aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, às 23h20 de quinta-feira (20), e chegou ao aeroporto internacional de Guarulhos no dia seguinte, devem ser monitorados por 14 dias. 

O Setor de Vigilância do município foi acionado e entrou em contato com o homem, que foi atendido por um infectologista. O médico visitou a residência do paciente e tomou medidas para evitar que ele tenha contato com outras pessoas. 

O Secretário da Saúde de Caçador, Ademar Schmitz, informou que o homem não apresentou sintomas e é monitorado em casa. Em 14 dias, caso ele não apresente nenhum sintoma, será liberado.

LEIA MAIS: Primeiro caso de Coronavírus no Brasil é confirmado pelo Ministério da Saúde;