Por rede social, Sergio Moro responde fala de Bolsonaro sobre pedido de vaga no STF

Em pronunciamento, presidente afirmou que ex-ministro pediu vaga no STF, em troca da exoneração do diretor-geral da PF

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após o pronunciamento do presidente da República Jair Bolsonaro, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro respondeu a fala sobre o pedido de vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), em troca da exoneração do diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo nesta sexta-feira (24).

Durante o pronunciamento, Bolsonaro parafraseou Moro, “Você pode trocar o Valeixo em novembro, depois que o senhor me indicar ao STF”. Conforme o ex-ministro, a permanência do diretor-geral nunca foi utilizada como moeda de troca para nomeação ao STF.

“Se fosse esse o meu objetivo, teria concordado ontem com a substituição do Diretor Geral da PF”, escreveu Sergio Moro no Twitter.



O ex-ministro ainda afirmou que não houve qualquer pedido de demissão de Valeixo na quinta-feira (23). Conforme Moro, nem o decreto de exoneração passou por ele ou lhe foi informado.

De fato, o Diretor da PF Maurício Valeixo estava cansado de ser assediado desde agosto do ano passado pelo Presidente para ser substituído. Mas, ontem, não houve qualquer pedido de demissão, nem o decreto de exoneração passou por mim ou me foi informado”, informou Moro.