Câmara de Vereadores de Chapecó encerra sessões de abril - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Câmara de Vereadores de Chapecó encerra sessões de abril

Em última sessão do mês, vereadores aprovam requerimentos que questionam ações do governo

Sessão aprovou três requerimentos, uma moção e nove indicações nessa quarta-feira
Foto: MB Comunicação

Os vereadores de Chapecó encerraram nessa quarta-feira (17) as sessões ordinárias de abril, somando seis projetos, 18 requerimentos, 24 moções e 75 indicações aprovados no mês. Na última sessão de abril, foram aprovados três requerimentos, uma moção e nove indicações.

Entre os requerimentos aprovados, o de número 98/19 de autoria do vereador Cleiton Fossá (MDB) cobra informações do governo sobre o déficit orçamentário de R$ 253,2 milhões apresentado no primeiro bimestre do ano. O vereador questiona o governo sobre as causas do orçamento do período apontar arrecadação menor que a previsão orçamentária e qual a metodologia usada pela equipe técnica financeira na prestação das contas.

Outro requerimento aprovado (99/19) é de autoria do vereador Claimar de Conto (PP), convidando autoridades municipais para reunião de trabalho para elaborar plano de ação para diminuir os focos de dengue no município. De autoria do vereador Neuri Mantelli (sem partido), o requerimento 100/19 também cobra explicações do prefeito sobre o não recebimento de denúncias anônimas pela Vigilância Sanitária do município. Segundo o vereador, o órgão público fiscalizador exige CPF, nome e telefone dos autores de denúncias, o que fere o direito de sigilo. 

Já a moção aprovada, de autoria do vereador Diego Alves (PP), é de parabenização ao jovem chapecoense Jefferson Martins pelo projeto “Futuros Bilíngues”, idealizado por ele, que oferece aulas de inglês gratuitas para crianças do bairro Efapi.

Indicações

A sessão também aprovou nove indicações dos vereadores para melhorias na infraestrutura do município, como patrolamento, cascalhamento, manutenção de vias e instalação de faixa de pedestres e lombadas.

*Informações MB Comunicação

Comentários do Facebook