21 pessoas são indiciadas na Operação Alcatraz – ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

21 pessoas são indiciadas na Operação Alcatraz

Julio Garcia diz que o indiciamento é um exagero

Foto: ClicRDC

Informações: OCP News

Na última segunda-feira (14), a Polícia Federal (PF), encaminhou à 1ª Vara da Justiça Federal de Santa Catarina, mais dois relatórios do inquérito policial da Operação Alcatraz. Nestes documentos 21 pessoas são indiciadas por fraudes e desvios de recursos públicos. Um dos indiciados é o presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Julio Garcia (PSD). Duas pessoas que foram indiciados já cumprem prisão preventiva.

A operação Alcatraz teve início no dia 30 de maio de 2019, desde então já foram cumpridos 11 mandados de prisão, sendo sete preventivas e quatro temporárias, e 41 mandados de busca e apreensão, em órgãos públicos, empresas e residências.

Segundo o site OCP News, Julio Garcia diz que a PF tem todas as informações e garante de que não há provas sobre fraudes em licitações ou participação dele em atos de corrupção.

Todas as 21 pessoas indiciadas pela PF tem envolvimento em 20 fatos com evidências de práticas criminosas que indicam crimes de corrupção ativa e passiva, fraude a licitação, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Alcatra tem o objetivo de combater fraudes e desvios de recursos públicos ligados a contratos de prestação de serviços de mão de obra especializada e do ramo de tecnologia, firmados com o órgão do executivo estadual.

Comentários do Facebook