Atirador abre fogo em universidade dos EUA e deixa mortos e feridos

Instituição escreveu nas redes sociais “Corra, esconda-se, lute. Proteja-se imediatamente”

Policiais cercam área de campus de universidade em Charlotte onde atirador abriu fogo
Foto: Logan Cyrus/AFP

*Informações G1

Um tiroteio no campus de Charlotte da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, deixou ao menos duas pessoas mortas e outras quatro feridas nesta terça-feira (30), segundo a imprensa norte-americana.

De acordo com a rede de televisão NBC, o suposto assassino se chama Trystan Terrell, de 22 anos. As autoridades disseram que ele era um ex-aluno de história da universidade que abandonou os estudos no início do semestre. Ainda não se sabe os motivos do crime.

Três dos quatro feridos têm ferimentos graves e correm risco de morrer. Não se sabe, por enquanto, a identidade das vítimas do tiroteio. Segundo o serviço médico de Charlotte, esses números podem mudar – as autoridades locais continuam no campus.

O alerta aos alunos foi publicado pela própria instituição nas redes sociais. Segundo o jornal “Charlotte Observer”, ocorria um jogo de beisebol no campus no momento do ataque.

“Corra, esconda-se, lute. Proteja-se imediatamente”, escreveu o perfil da universidade.