OUÇA AO VIVO

InícioMateus MontemezzoObras paradas em rodovias estaduais do Oeste de SC

Obras paradas em rodovias estaduais do Oeste de SC

Saiba quais são na coluna de Mateus Montemezzo

Foto: Mateus Montemezzo

Pelo menos três trechos de obras que estão em andamento em rodovias estaduais do Oeste Catarinense estão paralisadas. As informações foram repassadas inicialmente por ouvintes da Rádio Oeste Capital, e depois confirmadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (SIE).

Conforme apurado junto ao coordenador do órgão, com auxílio do repórter Diego Antunes, os trabalhos não estão acontecendo, pois a empresa vencedora das licitações está “reequilibrando os preços”. O sumiço das máquinas foi notado pela audiência do Som e Café News há, pelo menos, sete dias, embora o SIE não confirme essa data. “Mas assim que sair o reequilíbrio, andará a todo vapor”, fomos informados.

Quais são os trechos?

As obras nas SC do Estado foram impulsionadas ainda em 2021 pelo atual governador Carlos Moisés. Aqui no Oeste, a paralisação de trechos que já foram licitados compreendem: SC-283 (trecho entre Chapecó e Arvoredo); SC-283 (entre Palmitos e São Carlos); e SC-484 (entre Caxambu e Guatambu). Essa última estrada foi licitada ainda em 2021, e o início dos trabalhos aconteceu em dezembro do ano passado.

O que acontece agora?

- Continua após o anúncio -

A empresa Planaterra, que venceu a licitação para realizar essas obras, ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto – foi contatada às 11h, e estamos aguardando o retorno do setor de comunicação.

Segundo o que foi apurado, os reajustes do diesel e o aumento nos produtos que cercam o mercado asfáltico estão pesando nos custos da obra. A assessoria do Governo do Estado foi negou que as obras estão paradas, embora a própria SIE confirme.

Outro trecho em licitação

Foi publicado na terça-feira (12), o edital de licitação para escolher a empresa que ficará responsável pela restauração da SC-283, entre Concórdia e Arabutã. O investimento é de R$ 37,6 milhões. Serão realizados serviços de terraplanagem, pavimentação, drenagem, sinalização, meio ambiente e obras complementares, em 10 km.

O prazo previsto para conclusão é de 24 meses, após assinatura da Ordem de Serviço. A licitação anterior para o mesmo trecho, com envelopes de propostas abertos em fevereiro deste ano, havia resultado fracassada, pois nenhum lance havia sido classificado.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
58,864FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe