OUÇA AO VIVO

InícioMateus MontemezzoAbandono de cães virou um sério problema em Chapecó

Abandono de cães virou um sério problema em Chapecó

Confira a coluna do jornalista Mateus Montemezzo:


Fotos: Marcelo/ouvinte Som e Café News

Uma ocorrência desta manhã, enviada por um ouvinte do Som e Café News, chamou a atenção dos demais ouvintes da Oeste Capital. Um senhor foi atacado por dois cães, um deles da raça Rottweiler, enquanto se deslocava de a pé na Av. Getúlio Vargas, nas proximidades do prolongamento. “Ajudamos o senhor que estava sendo atacado por dois cães de médio e grande porte. Ficou com vários ferimentos no braço. Se for possível anunciar, seria interessante avisar as autoridades para que algo pudesse ser feito”, disse Marcelo.

A vítima sofreu ferimentos consideráveis no braço direito e precisou sem atendido por populares, que utilizaram papéis para estancar o sangue. Infelizmente, os cães abandonados (os menos culpados por toda a situação) se tornaram um ‘problemão’ para os pedestres e poder público. Muitos ouvintes relatam que, especialmente nos bairros e nas comunidades do interior, o abandono cresce cada vez mais. “Seres-humanos” sem coração e sem noção dos problemas que essa prática pode causar. Atitudes lamentáveis.

ONG’s lotadas

- Continua após o anúncio -

O Núcleo de Apoio aos Pequenos Animais de Chapecó (NAPA), bancado pela Prefeitura, realiza um trabalho de castração nesses animais. É uma bela iniciativa, que auxilia na saúde do próprio animal e evita a procriação. Porém, a Prefeitura não faz a ação do recolhimento do animal. E cada vez mais, as ONG’s que trabalham com animais abandonados estão cheios, no limite.

Falta de bom senso dos donos

E pra aumentar o problema, existem dezenas de relatos de donos de cães que deixam seus animais soltos, atrapalhando a vida de motociclistas e pedestres. É claro que são situações pontuais, mas isso vem incomodando, e já tivemos registros até de agressões desses animais contra crianças. Falta bom senso dos donos que sabem que seus bichos (pelos menos alguns) necessitam de um espaço cercado.

Como resolver?

Conversei com o vereador Wilson Cidrão (PATRIOTA), defensor da Causa Animal. Ele ressaltou a importância da castração para evitar a agressividade dos cães. E relembrou ainda que os animais só estão abandonados por uma ação humana, de abandono. “Esse senhor que foi mordido, precisa iniciar o protocolo antirraiva, em um posto de saúde. É algo grave”. Cidrão ainda lembra que as pessoas precisam ter cuidado com a fuga dos animais de dentro da sua própria casa, e citou que a microchipagem dos animais – espécie de RG do animal, tradicional da Europa e EUA, ajudaria a reduzir esses problemas.

Responsabilidade do dono

É importante ressaltar que os tutores podem ser responsabilizados civil e penalmente pelo abandono, de acordo com a Lei. “Neste caso, a pena pode chegar até dois meses de cadeia, ou acarretar em multa. Isso ocorre também para condução de animais pondo em perigo a segurança alheia”, explica Cidrão.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,503FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe