Newton Drummond: Chape está em busca de um meia e de um atacante - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

Newton Drummond: Chape está em busca de um meia e de um atacante

Confira os principais trechos da primeira entrevista coletiva do novo diretor-executivo de futebol

A Chapecoense está em um busca de pelo menos duas peças para a disputa do Catarinense e da Copa Sul-Americana. Após confirmar a permanência de Fabrício Bruno, o diretor-executivo Newton Drummond afirmou que o Verdão prioriza a contratação de um meia e de um atacante, e que está no mercado na tentativa de fechar acordo com essas peças.

A primeira entrevista coletiva do dirigente foi realizada na tarde desta sexta-feira, na sala de imprensa da Arena Condá. Confira os principais trechos.

Drummond chegou no final de 2018 para substituir André Figueiredo (Gabriela de Toni)
Chegada na Chapecoense

“Me inseri no projeto. Quando recebi o convite pra vir trabalhar na Chape, estive com a Diretoria e ela me apresentou um projeto, a ideia, os objetivos para 2019. Entendi que tinha condições de me inserir nesse contexto e trazer, com a minha experiência, algumas coisas para poder alavancar a chape para onde pretendemos: Um time competitivo com condições de fazer bons campeonatos. Esse é o objetivo da Chape. Nesse contexto, as coisas ficaram muito claras para mim e vim. Estou aqui com muita alegria e com a certeza de que vamos fazer um bom trabalho”.Estou aqui com muita alegria e com a certeza de que vamos fazer um bom trabalho”.

Trabalho com o elenco Sub 23

“Temos que entender que a chape está com um número de jogadores elevado. Esse processo de empréstimos ocorrerá com tranquilidade. Em relação ao Sub 23, a ideia é de fazer uma adaptação. É uma etapa importante na carreira dos jogadores. Cada um tem seu momento e os chamados aspirantes podem ser trabalhados de maneira mais específica. Ou fazerem parte do grupo principal ou serem negociados com outros clubes, dependendo do jogador”.

Saídas do final de ano

“Precisamos buscar jogadores que completem a lacuna deixada. O mercado está escasso em algumas posições, estamos procurando por todos os lados. Sem dúvida são posições que estamos correndo atrás com mais afinco”.

Renato

“Todos os jogadores são um consenso, é uma prática que gosto de trabalhar. A gente sabe que os treinadores têm preferências por alguns jogadores, mas também tem que ser de entendimento da Direção de que ele sirva para o clube. O Renato é um jogador que foi visto pelo Claudinei e foi-se discutido que era importante trazer. A negociação foi simples e rápida, um entendimento nosso de que o Renato serve para nós”.

Aylon

“O Aylon foi o goleador do Mineiro e estava muito bem no Brasileiro até a lesão no braço. Com o futebol de alta performance jogado hoje, o atleta precisa de mais tempo pra voltar. Apesar da dificuldade, ele teve um bom ano. Está recuperado, ainda precisa do ritmo de jogo, mas é um jogador que a gente põe muita expectativa em cima do desempenho. É taticamente muito interessante e faz gols. Temos a expectativa de um ano mais equilibrado”.

Joílson

“É um jogador que foi observado e é uma aposta com um potencial muito elevado. Temos uma expectativa muito boa sobre ele se tornar um jogador bastante importante”.

Empréstimo de jogadores 

“Cada caso é um caso. Tem jogadores em baixa, em momento melhor, depende da circunstância de cada. Depende do jogador, do clube. Não tem número. Vai depender da avaliação da Comissão Técnica. Não tenho como dar números”.

Agenda do Verdão

A Chapecoense segue em pré-temporada. No sábado (05) acontece o primeiro treino de 2019 e já no domingo (06) o grupo se concentra com foco no Campeonato Catarinense.

*Com informações de Gabriela De Toni e de Mateus Montemezzo.