Jogador da Chape responde pedido de título do Avaí: “Se já foi liberado, porque não resolver isso dentro de campo?”

Chapecoense e Avaí se enfrentam no dia 8 de julho, em Chapecó

Foto: Márcio Cunha/ACF

Doze dias separam a Chapecoense do retorno do futebol em Santa Catarina. Nesta semana, o Avaí encaminhou um ofício à Federação Catarinense de Futebol para ser declarado campeão do estadual. Anderson Leite, volante da Chape, comentou a situação. 

“Em relação a eles serem declarado campeão no papel, não jogando, acho isso meio injusto porque se há possibilidade de ter o campeonato agora, se já foi liberado, porque não resolver isso dentro de campo, né? Seria igual, não algo no papel, assinado, mas sim resolvido dentro de campo. Seria o melhor, mas eu deixo isso pro Avaí, nós estamos concentrados que dia 08 de julho já tem a partida e nós estamos nos preparativos para o dia 8, independente do que acontece fora do campo”, frisou o meio-campista. 

O time de Florianópolis está com problemas para jogar na Ressacada – casa do Avaí. Até este momento, a prefeitura municipal da capital de SC não liberou treinos e partidas de futebol.

Com o passar das atividades, Anderson Leite busca um lugar no time titular do Verdão. “Estamos mantendo o nível de treinamento muito alto, no dia a dia e até mesmo quando a chuva é muito forte, que ultimamente está tendo, não deixamos de trabalhar. Quando não tem trabalho no campo a gente tem feito trabalho forte na academia, tem ido também fazer trabalho no sintético e mantendo o nível”, finalizou o atleta. 

O jogo entre Chapecoense e Avaí acontece no dia 8 de julho, às 21h30, na Arena Condá.