Havan não renova patrocínio com Chapecoense

O patrocínio da loja ficava na manga da camiseta dos jogadores

Na noite de quarta-feira (29), a Chapecoense informou, em publicação no site oficial, que a loja de departamento Havan não vai mais patrocinar o Verdão do Oeste. A assinatura de contrato estava prevista para o dia 16 de março, mas não aconteceu. 

O contrato entre as agremiações teve início em março de 2017. Ele foi renovado, em um primeiro momento, em março de 2018 até março de 2019 e, posteriormente, estendido novamente até  março de 2020. 

Desde então, para haver um novo vínculo, foram encaminhadas todas as tratativas para a manutenção da parceria – proposta inicial, negociação, fechamento de valores e definição das datas de pagamentos. 

A nova assinatura estava prevista para o dia 16 de março, mas, devido as incertezas trazidas pela Covid-19, não aconteceu. O clube disse que as conversas foram mantidas e a Chapecoense não mediu esforços a fim de cumprir com todas as exigências e determinações – entre as quais, a entrega do contrato até o dia pré-determinado. Apesar disso, a Havan não procedeu com a assinatura.