Chape sai na frente e vence o Corinthians no primeiro jogo da Copa do Brasil - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Chape sai na frente e vence o Corinthians no primeiro jogo da Copa do Brasil

O gol de Aylon ainda no primeiro tempo deixou a equipe catarinense na frente no duelo da quarta fase da competição

A Chapecoense recebeu nesta quarta-feira (17), na Arena Condá, em Chapecó, o Corinthians. O jogo era a primeira partida da quarta fase da Copa do Brasil 2019. O gol de Aylon no primeiro tempo garantiu a vantagem no jogo de volta para o Verdão. Basta empatar para passar até as oitavas de final da competição.

Com duas alterações no ataque, a Chape entrou no campo da Arena com a ideia de conseguir o resultado na primeira partida da eliminatória. O Verdão domina mais as ações no meio-campo e ataque. O Corinthians, com muitas mudanças no time titular, pouco conseguiu fazer nos primeiros minutos de jogo. A primeira chance real do jogo aconteceu aos 17’, o lateral Eduardo passou por Carlos Augusto e Sornoza foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Everaldo, o atacante cabeceia forte no chão, o goleiro Walter fez uma linda defesa.

O Verdão continuava melhor na partida. O Corinthians não chegava no campo de ataque e não finalizava. Em um minuto, a Chape teve duas grandes chances, uma delas o gol. Aos 32’, Everaldo cobrou com força uma falta, a bola foi no canto e Walter defendeu mais uma. Depois, aos 33’, depois de uma cobrança de escanteio, a zaga corintiana tirou, o meia Campanharo chutou de fora, mas a bola ficou “pipocando” na área e Aylon da um toque e marca para a Chape.

Aylon comera o gol
Foto:Reprodução/TVGlobo

A única chance real de gol para o Corinthians foi criada quase no fim do primeiro tempo, aos 41’. O lateral Carlos Augusto cruzou da esquerda, Boselli desviou de cabeça e a bola sobrou para Ramiro. O volante dominou e chutou, mas é travado por Bruno Pacheco. O primeiro tempo acabou com o Verdão dominante. As maiores chances foram da Chape. O time paulista não conseguiu criar chances claras, a vitória verde e branca era justa.

Mesmo com as mudanças promovidas pelo técnico Fábio Carille, a Chapecoense voltou melhor para a segunda etapa. Logo aos 2’, Gustavo Campanharo recebeu na entrada da área e chutou, a boa explodiu no travessão do goleiro Walter.

A partida ficou muito disputada no meio-campo. O Corinthians, por estar atrás do placar procurava mais o ataque. A Chape quando ficava com a bola tocava em busca de uma chance. Aos 11’, Gum errou um passa, a bola sobra para Sornoza que chuta, a bola desvia em Gum e muda a direção, o goleiro Vagner, em puro reflexo se recupera e faz uma linda defesa na Arena Condá.

Aos 25’, o Corinthians chegou novamente. Sornoza cobrou o escanteio, o goleiro Vagner saiu mal do gol em um bate e rebate Gum afasta antes de Carlos Augusto completar para o gol.

A medida que o jogo ia para o seu final, o ritmo diminuía.  A bola ficava muito no meio-campo e as equipes pouco produziam. Aos 44’, após uma cobrança de falta, Everaldo pegou um sem pulo, o goleiro Valter bem colocado pegou a bola. Até o fim a Chapecoense conseguiu segurar a partida e vencer.

Foto:Reprodução/TVGlobo

Agora, na próxima quarta-feira (24), um empate garante o Verdão nas oitavas de final. A Chapecoense vira a chave e projeta a final do Campeonato Catarinense no domingo (21), contra o Avaí.

Ficha Técnica

Chapecoense x Corinthians

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)                                                                                                      

Data: 17 de Abril de 2019, Quarta-Feira
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha(RJ)

Chapecoense: Vagner 89 (Tiepo 98); Eduardo 2, Gum 3, Douglas 23 e Bruno Pacheco 6; Márcio Araújo 8, Elicarlos 86 (Amaral 55) e Campanharo 10;  Régis 83 (Augusto 20), Aylon 18 e Everaldo 77. Técnico: Ney Franco

Corinthians: Walter 27; Michel 2, Marllon 13, Henrique 3 e Carlos Augusto 6; Richard 26, Ramiro 28 (Clayson), Sornoza 7 e Jadson 10 (Ralf 15); Vagner Love 9 e Boselli 17. Técnico Fábio Carille

Cartão Amarelo: Eduardo (CHA), Ramiro (COR), Everaldo (CHA)

Gol: Aylon (CHA)