Chape cria chances, mas não sai do zero contra o CSA na Arena Condá

Após um primeiro tempo morno, Verdão criou ótimas oportunidades na segunda etapa, mas não conseguiu a vitória

Foto: Márcio Cunha/ACF

Chapecoense e CSA não saíram do zero a zero na Arena Condá, em Chapecó (SC). A partida desta terça-feira (27), era válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Depois de um primeiro tempo morno, o Verdão conseguiu criar grandes oportunidades na segunda etapa, mas não marcou gol no time de Alagoas. Mais uma vez, João Ricardo não foi vazado na Arena Condá. São nove partidas em Chapecó e o goleiro da Chape apenas levou gol do Vitória (BA).

O jogo começou equilibrado, sem muitas chances no ataque. A primeira finalização da partida foi do CSA, em uma falha da zaga do Verdão. Aos 11’, Joílson tocou nos pés de Allano. O atacante do time de Alagoas passou para Paulo Sérgio que finalizou, mas a bola foi errada e para fora.

O Verdão tinha mais posse de bola, mas o CSA marcava o meio campo da Chape e impossibilitava a criação do time catarinense; O ex-Chapecoense Nadson marcava todos os passo de Willian Oliveira. Essa marcação dificultou a transição do Verdão para o ataque. A primeira chance da Chape no jogo aconteceu aos 16’. Alan Ruschel e Aylon trocaram passes no ataque e o camisa ‘18’ finalizou da entrada da área, mas o goleiro do CSA encaixou no meio do gol.

Aos 29’, a Chape teve a melhor chance do primeiro tempo. Aylon cruzou a bola para a área e Anderson Leite apareceu livre de marcação, mas o volante do Verdão não conseguiu o domínio da bola e o goleiro do CSA encaixou a bola. Logo depois, aos 31’, Vini Locatelli arriscou um chute de fora da área. A bola saiu forte e rasteira, mas foi para fora.

No fim do primeiro tempo o CSA conseguiu controlar mais a partida. Em duas oportunidades o time de Alagoas quase abriu o placar. Aos 39’, Rodrigo Pimpão fez boa jogada, abriu espaço e finalizou, mas a bola foi para fora. Logo depois, aos 43’, Allano recebeu a bola na entrada da área e chutou colocado, a bola passou muito perto do gol de João Ricardo.

Fim de um primeiro tempo equilibrado na Arena Condá, Chapecoense 0, CSA 0.


Foto: Márcio Cunha/ACF

Diferente do primeiro tempo, na segunda etapa o jogo começou todo para a Chapecoense. Logo nos primeiros minutos de jogo o Verdão dominou o CSA e começou a pressionar. Aos 6’, Foguinho fez uma boa jogada pela esquerda e cruzou para a área. Anderson Leite surgiu sozinho e finalizou, mas a boa foi para fora. Dois minutos depois, Paulinho Moccelin cruzou uma bonita bola na área, Anselmo Ramon saiu da marcação e mergulhou para cabecear a bola, mas Matheus Mendes fez uma linda defesa.

Logo após a pressão inicial do Verdão, o CSA teve a sua melhor chance de gol até então. Aos 11’, depois de um escanteio, Marquinho cabeceou forte e a bola bateu no travessão do gol da Chape.

Logo depois da grande chance do CSA, a Chapecoense recuperou o controle do jogo e em três grandes chances quase abriu o placar. Aos 18’, Aylon recebeu na entrada da área e finalizou, mas a bola saiu fraca e o goleiro Matheus Mendes defendeu, No minuto seguinte, Paulinho Moccelin cruzou na área, Aylon dominou e deu uma bicicleta, mas a bola foi para fora. Ainda na pressão, a Chape conseguiu a sua melhor chance da partida até então. Aos 21’, Foguinho deixou Anselmo Ramon na cara do gol, mas o camisa ‘9’ do Verdão exagerou na força e a bola foi para fora.

A Chape era melhor na partida, mas o CSA ainda conseguia assustar o time catarinense. Aos 30’, Rone, ex-Chapecoense recebeu a bola, cortou para o meio e finalizou, mas João Ricardo defendeu a bola. Na sequência, a Chape armou um belo contra-ataque. Paulinho Moccelin recebeu a bola, invadiu a área, tirou dois zagueiros, mas na hora de finalizar a bola saiu fraca e o goleiro Matheus Mendes defendeu.

Em algumas saídas para o ataque, o CSA assustava muito a defesa do Verdão. Aos 34’, Rone cruzou para a área e Paulo Sérgio bateu na bola. A bola foi no canto e João Ricardo defendeu.

Mesmo com as chances criadas, a Chape não conseguiu abrir o placar na Arena Condá. Fim de jogo em Chapecó, Chapecoense 0, CSA 0.

Com o empate, o Verdão subiu para os 37 pontos e segue líder da Série B. O vice-líder é o América-MG, com 35 pontos. O Verdão volta a campo no próximo sábado (31), contra o Confiança, no Batistão, em Aracaju, Sergipe.


Foto: Márcio Cunha/ACF

Chapecoense x CSA

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)

Data: 27 de Outubro de 2020, Terça-feira

Horário: 19h (horário de Brasília)

Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS)

Assistentes: Thiago Augustos Kappes Diel (RS) e Fabricio Lima Baseggio (RS)

Chapecoense: João Ricardo 1; Ronei 15, Luiz Otávio 3, Joilson 33 e Alan Ruschel 28; Willian 29, Anderson Leite 26 e Vini Locatelli 10 (Foguinho 45); Paulinho Moccelin 94, Aylon 18 (Roberto 11) e Anselmo Ramon 9. Técnico: Umberto Louzer.

CSA: Matheus Mendes 1; Diego Renan 6, Cleberson 15, Luciano Castan 4 e Rafinha 26; Geovane 21, Marquinhos 29 e Nadson 8 (Pedro Lucas 99); Allano 29 (Rone 20), Paulo Sérgio 10 e Rodrigo Pimpão 17. Técnico Mozart

Cartão Amarelo: Allano (CSA), Anselmo Ramon (CHA), Rone (CSA), Geovane (CSA) e Paulinho Moccelin (CHA).