Com Neymar machucado, Brasil domina partida e vence o Catar - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Com Neymar machucado, Brasil domina partida e vence o Catar

Atleta deixou o campo aos 16’ do primeiro tempo

Neymar sofreu um entorse e precisou ser substituído
Foto: Reprodução/TV Globo

A expectativa pela partida que Neymar faria, após a acusação de estupro durou apenas 16 minutos. Na vitória do Brasil contra o Catar, nesta quarta-feira (5), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, o camisa 10 da Seleção Brasileira sentiu uma lesão no tornozelo direito e saiu da partida. Os gols do Brasil foram marcados por Richarlison e Gabriel Jesus

A expectativa pelo amistoso não era saber como a Seleção de Tite iria jogar e sim como Neymar se comportaria depois de toda à polêmica com seu nome. Aos 16 minutos, o camisa 10 se agachou, mancou, pediu para não receber a bola, tentou correr para a área e não conseguiu. No mesmo lance o Brasil fez o primeiro gol e o atacante foi direto para banco de reservas para ser substituído. Neymar sofreu um entorse no tornozelo direito e foi substituído pelo atacante do Grêmio (RS), Everton.

Neymar recebeu o primeiro tratamento do médico Rodrigo Lasmar no vestiário, mas um diagnóstico mais preciso só será possível depois. Uma análise inicial dá conta de que o problema é apenas a entorse. Edu Gaspar, diretor de seleções da CBF e o pai do atacante o acompanharam. O jogador foi para um hospital para realizar exames de imagem. Ele deixou o estádio de muletas.

Primeiro tempo

No primeiro tempo da partida o Brasil foi dominante. Com a marcação adiantada e pressão nos zagueiros do Catar, os jogadores brasileiros conseguiam criar muitas jogadas a partir da roubada de bola no campo ofensivo.

O primeiro gol do Brasil foi aos 16’, quando Coutinho carregou pela direita e rolou para Daniel Alves. O lateral mandou uma bola perfeita na cabeça de Richarlison, o atacante subiu bem e cabeceou, o goleiro do Catar nada pode fazer.


Richarlison comemora o primeiro gol do Brasil
Foto: Reprodução/TV Globo

A Seleção continuou melhor que a equipe do Oriente Médio e logo saiu o segundo gol. Aos 23, Daniel Alves enfiou a bola para Richarlison na direita, o jogador do Everton (ING) dominou e serviu Gabriel Jesus, que na cara do goleiro marcou o segundo do Brasil.

O goleiro brasileiro Ederson não sujou o uniforme no primeiro tempo. A equipe do Catar pouco atacou a meta do Brasil. O domínio da Seleção foi tamanho, que a pose de bola no fim do primeiro tempo marcou 72% Brasil, 28% Catar.


Gabriel Jesus e Richarlison comemoram o segundo gol brasileiro
Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o ritmo da partida foi muito diferente. O Brasil pouco pressionou e atacou a Seleção do Catar. No outro lado, a equipe do Oriente Médio, fraca tecnicamente só assustou o gol de Ederson aos 35’, em um chute de Al-Haydos.

Quase no fim da partida, após revisão no VAR, o juiz marcou um pênalti para a equipe do Catar. Na cobrança, Khoukhi bateu e acertou o travessão do goleiro Ederson.

O próximo compromisso do Brasil é no domingo (9), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre contra a Seleção de Honduras.