Mais de 100 lojas participam do Dia Livre de Impostos nesta quinta em Chapecó - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Mais de 100 lojas participam do Dia Livre de Impostos nesta quinta em Chapecó

Os descontos podem chegar até 50% no valor do produto

Com o objetivo de manifestar a insatisfação dos brasileiros e levá-los a refletir sobre a elevada carga tributária, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDl) promove, por meio da CDL jovem, o Dia Livre de Impostos (DLI), nesta quinta-feira (30). No município, mais de 100 lojas comercializam produtos sem a cobrança de impostos.

Os descontos serão de até 50% no valor do produto, já as formas de pagamento ficam a critério dos proprietários das lojas. Supermercados, lojas de roupas, calçados, cosméticos, imobiliárias e restaurantes são alguns dos segmentos que participam da ação.

Lojas participantes

As empresas que aderiram ao DLI são: Açaí Concept, Armeria, Atlas Incorporações, Badalotti Materiais de Construção, Brasão Supermercados, Casa do Construtor, Calçados Novo Hamburgo, Chapecó Store, Cauduro Corretora de Seguros, Certa Administradora e Corretora, Celeiro Supermercado, Celuppi Contabilidade e Consultoria, Dalu Modas, Dimencor Tintas e Revestimentos, Empório dos Bichos, Express Celulares, Farmácias São Rafael, Fascino Homeware, Ferragem Pampa, Ford Sperandio, Gráfica Pantone, Gemil Estofados, Luminus Materiais Elétricos, Macropampa, Matéria Prima Farmácia de Manipulação, Maqdima Ferramentas, Mr. Cat, Motocar, Multiniz, Multi Visão, North Hotel, O Boticário, Olímpia Frigeri, Ortobom, Óticas Diniz, Padaria Donana, Piana Magazzine, Piazza Tratores, Restaurante Kilo Grill, Santa Maria Imóveis, Saquetti Relojoaria, Seu Benedito, Supermercado Alberti, Supermercado Cristo Rei, Super Royal, Supermercados Moura, Sperandio Motors, Stilo Vip, Tigre Modas, TwoWeb Agência Digital e Hyunday Sperandio.

Impostos

Em 2019 os brasileiros trabalharão cerca de 150 dias somente para pagar impostos. Em um ranking de 30 Países, o Brasil é o 14º que mais arrecada imposto e o que pior gestão faz desse recurso. Apenas nos setores de Maquiagem e Eletrônicos as cargas tributárias são de 58% e 43%, respectivamente.

O diretor-presidente da CDL Jovem Chapecó João Henrique Hoffmann destaca que os lojistas não serão isentos da cobrança desses impostos, ou seja, terão que pagar o valor que será repassado como desconto aos consumidores. “O que estamos contestando não é o pagamento, mas sim os abusos. Já verificamos que, em alguns casos, o preço do produto custaria metade do que é cobrado se não fossem os altos tributos pagos tanto pelo empresário e pelo consumidor”, observa.

Mais de 100 pontos

De acordo com a coordenadora do Dia Livre de Impostos pela CDL Jovem, Suzana Spohr, mais de 50 empresas aderiram ao projeto, demonstrando a preocupação dos empresários com a destinação correta do uso dos impostos.

Suzana explica que os produtos e serviços comercializados sem a cobrança de impostos foram definidos pelos lojistas junto com a CDL a fim de oferecer ao consumidor uma grande ação que gere conscientização na comunidade. “Ao todo serão mais de 100 pontos espalhados pela cidade, pois muitos dos empresários que aderiram possuem mais do que uma loja em Chapecó”, explica.