OUÇA AO VIVO

InícioClicAgro-PETCigarrinha-do-milho: confira monitoramento atualizado para SC

Cigarrinha-do-milho: confira monitoramento atualizado para SC

ClicAgro-Pet - O seu boletim diário com as notícias do campo

Epagri

O primeiro boletim do ano do Programa Monitora Milho SC revelou que a média populacional da cigarrinha-do-milho no estado está em torno de 70 insetos por armadilha por semana, equivalente a uma média de 10 insetos capturados diariamente. A pesquisadora da Epagri/Cepaf, Maria Cristina Canale Rappussi da Silva, responsável pelas análises, destaca que a infectividade por fitoplasma-do-milho atinge 53%, enquanto o vírus-do-rayado-fino foi detectado em 60% das amostras analisadas.

Com o plantio da segunda safra de milho em andamento, vários agricultores já estão atentos aos desafios impostos pela cigarrinha-do-milho, vetor de doenças como o enfezamento-vermelho, enfezamento-pálido e virose-da-risca, que podem afetar significativamente as safras.

Maria Cristina Canale Rappussi da Silva enfatiza a importância do manejo inicial da lavoura, destacando a necessidade de combinar o controle biológico ao químico sempre que possível, visando um efeito residual mais duradouro. A pesquisadora alerta para evitar semeaduras próximas a lavouras antigas, especialmente se houver plantas com sintomas de enfezamento.

- Continua após o anúncio -

O Comitê de Ação Contra a Cigarrinha-do-milho e Complexo de Enfezamentos, criado no início de 2021, implementou o Programa Monitora Milho SC, que visa acompanhar as populações e a infectividade da cigarrinha-do-milho em Santa Catarina. Essa iniciativa reúne membros de diversas instituições, como Epagri, Udesc, Cidasc, Ocesc, Fetaesc, Faesc, CropLife Brasil e Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária.

Epagri

O programa fornece informações cruciais para a tomada de decisões por parte de agricultores e técnicos, contribuindo para verificar a eficácia das estratégias adotadas. A Epagri oferece orientações sobre medidas de controle, incluindo a escolha de variedades tolerantes aos enfezamentos, uso de sementes tratadas e redução da janela de semeadura. A campanha para eliminar o milho voluntário, que serve de abrigo para a cigarrinha, também é destacada como uma ação importante.

Além disso, a Epagri disponibilizou o Aplicativo Monitora Milho SC, que oferece acesso a um mapa do estado com os pontos de monitoramento das lavouras. O aplicativo permite visualizar o nível populacional da cigarrinha-do-milho em diferentes regiões catarinenses, bem como acessar informações detalhadas sobre municípios, incluindo recomendações de manejo. A ferramenta também apresenta a evolução da infectividade das amostras, mantendo os agricultores informados sobre as condições nas lavouras monitoradas em todo o estado. O aplicativo está disponível para download gratuito em dispositivos Android.

Cotações:
⦁ Dólar: R$ 4,93
⦁ Saca da soja 60kg: R$ 131,84
⦁ Saca de feijão carioca 60kg: R$ 339,03
⦁ Saca de feijão preto 60kg: R$ 336,31
⦁ Saca de milho 60kg: R$ 70,12
⦁ Arroba do boi: R$ 252,65
⦁ Litro do leite: R$ 2,01

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

141,000SeguidoresCurtir
71,800SeguidoresSeguir
56,300SeguidoresSeguir
12,500InscritosInscreva-se