Polícia Civil de Chapecó investiga a morte de Cleiton Rosina

Ele foi morto a tiros

A Polícia investiga a morte de Cleiton – foto: Redes Sociais

Cleiton Rosina, de 29 anos, foi morto a tiros em frente a residência em que morava, no bairro Vila Real em Chapecó (SC). O crime aconteceu entre a noite de terça-feira (31) e quarta-feira (1º). No local foram realizados, aproximadamente, cinco disparos de arma de fogo. A Polícia Civil investiga o caso e ainda não tem um suspeito do crime.

O delegado Vagner Papini, da Divisão de Investigação Criminal (DIC), comentou que a investigação será mais complexa e trabalhosa, pois há poucos elementos que levam à autoria do crime.


“A informação, até o momento, é que o suspeito fugiu em um carro de cor branca”, disse.


Papini destaca que as investigações ainda estão em fase inicial, mas que serão ouvidas as testemunhas para apurar mais detalhes. Imagens de segurança também devem ser usadas para identificar o carro que esteve no local e, assim, ajudar a encontrar o suspeito.

Testemunhas relataram que ouviram aproximadamente cinco tiros no local, mas o delegado ainda não tem o número de disparos que atingiram a vítima, pois o laudo cadavérico ainda não ficou pronto.

Crime

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, na madrugada de quarta-feira (1º), por volta da 1h, após a vítima ser atingida por tiros. Cleiton foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional do Oeste (HRO), onde foi constatada a morte.