OUÇA AO VIVO

Início GERAL João Rodrigues terá audiência com governador para tratar da falta de água...

João Rodrigues terá audiência com governador para tratar da falta de água em Chapecó

|

Fotos: Leandro Schmidt

O prefeito eleito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), terá uma audiência com o governador Carlos Moisés da Silva, na segunda-feira, às 10h, em Florianópolis (SC). O assunto será a falta de abastecimento de água no município. No encontro, Rodrigues pretende tratar com o governador ações a médio e longo prazo.

O assunto principal a ser tratado é a questão da água em Chapecó. Vamos tratar também de outros assuntos, mas a prioridade é buscar uma solução definitiva para o problema da falta de água na cidade”, disse o prefeito eleito.

Chuva aumenta nível do Lajeado São José

Mesmo com a chuva ocorrida no fim de semana, que recuperou momentaneamente o reservatório do Lajeado São José, a situação foi apenas amenizada. A Casan informou que a chuva dá um fôlego no abastecimento, mas que ainda manterá o rodízio e demais medidas adotadas nas últimas semanas.

Durante a campanha eleitoral, Rodrigues cobrou a Casan por não ter feito os investimentos necessários para enfrentar períodos de estiagem e também dar conta do crescimento na cidade. Inclusive, ameaçou romper o contrato da prefeitura com a estatal por não fornecer água para a população.

Projeto

Em 2012 a estatal começou a tratar da elaboração de uma fonte alternativa de captação de água. Em 2015 anunciou o projeto de captação do Rio Chapecozinho, em Bom Jesus, com a construção de uma adutora de 57 quilômetros até Chapecó. O projeto previa o fornecimento de 1,2 mil litros por segundo, o dobro do consumo de verão em Chapecó. Os municípios de Xanxerê, Xaxim e Cordilheira Alta também seriam beneficiados. Houve problema na licitação e, quando foi finalizado o processo, não havia mais dinheiro disponível. O custo do projeto é próximo de R$ 200 milhões.

João Rodrigues propõe um projeto alternativo, de captação de água no Rio Uruguai, num trajeto de sete a oito quilômetros até a barragem do Rio Tigre, em Guatambu, onde já existe uma adutora até Chapecó, que é utilizada neste período de estiagem.

119,842FansLike
41,652FollowersFollow
61,413FollowersFollow
3,090SubscribersSubscribe