Companhias aéreas reduzem e suspendem voos em Chapecó

Como forma de isolamento total, as empresas aéreas que atuam no Aeroporto de Chapecó suspendem voos

Foto: Secom/Chapecó

As três maiores companhias aéreas brasileiras que atuam em Chapecó, tomaram medidas protetivas diante do Covid-19. O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon confirmou em coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira (24), que até o fim de semana quase todos os voos estarão cancelados para um isolamento total do Aeroporto da cidade.

O prefeito também afirmou que as passageiros que chegam na cidade, recebem as medidas necessárias dentro do voo e a hora que chegam na sala de desembarque.

A Gol divulgou nesta terça-feira uma nota onde informa a readequação da malha aérea para o período de sábado (28) até 3 de maio (domingo). Com a pouca demanda de voos nesta época de pandemia, eles manterão apenas 50 voos diários entre o Aeroporto de Guarulhos (GRU) e as demais capitais brasileiras, os voos regionais e internacionais regulares estão suspensos até 3 de maio.

Ainda de acordo com informações do prefeito de Chapecó, a Azul e a Latam também reduzem as malhas e suspendem os voos.