“Vai acabar com o comércio daqui” reclama proprietário após mudanças no trânsito em Chapecó

Segundo a Administração Municipal, todas as alterações passam por estudo técnico de viabilidade

Foto: ClicRDC

A Prefeitura de Chapecó fez algumas mudanças no trânsito do bairro Passo dos Fortes nesta quarta-feira (5). No semáforo da via entre o cruzamento das Ruas Líbano e Cecília será proibida a conversão à esquerda na rua John Kennedy no sentido Norte-Sul e Sul-Norte (centro-bairro e bairro-centro, rua atrás do Ecoparque). Além disso, a pista de rolamento na rua John Kennedy será aumentada e será proibido estacionar nos dois lados da via, para garantir mais fluidez ao trânsito neste trecho. Essas alterações geraram reclamações de comerciantes do bairro. 

Segundo o proprietário da loja Minas Tênis Chapecó, localizada na rua John Kennedy, Lauri Prado, a mudança no trânsito, especialmente a proibição do estacionamento na via é totalmente equivocada. Ele teme que o comércio na região acabe.  

“Essa mudança é totalmente equivocada e trouxe um transtorno para o comércio da John Kennedy. O comércio que funciona aqui é o comércio pequeno, comércio de bairro, então isso vai fechar portas”, falou Lauri. ”Vai acabar com o comércio aqui”, finalizou o proprietário. Durante esta quarta-feira, Lauri gravou um vídeo que circulou por grupos e conversas no WhatsApp. Nele, o comerciante expõe a sua indignação com as mudanças no trânsito.



Em nota a prefeitura de Chapecó, por meio da Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade informou que todas as alterações de trânsito realizadas em Chapecó passam por um estudo técnico de viabilidade coordenado pelos engenheiros e arquitetos da mobilidade urbana.

A prefeitura complementa que no caso da rua John Kennedy, os pontos analisados para as mudanças foram o fluxo e adensamento de veículos, o fato de o trecho ser corredor de ônibus intermunicipal e do transporte coletivo urbano, e o crescimento populacional na região do Bairro Passo dos Fortes.


Foto: ClicRDC

Segundo comerciante, mudanças afetam as vendas

Conforme Lauri, a sua loja não teve vendas nesta quarta-feira. “Aquele meu cliente que vem comprar na loja, ele quer ao menos uma vaga para estacionar o seu carro ou moto. Com essa alteração, ele tem que parar na avenida Nereu Ramos ou nas transversais para vir até a John Kennedy, e isso é totalmente errado!”, afirmou o proprietário da loja.

Lauri entende que mudanças no trânsito precisam ser feitas, mas segundo ele fechar os dois lados da rua John Kennedy para o estacionamento é errado.

“Até concordo fechar o lado direito na Jonh Kennedy, em direção a quem vai para o bairro Passo dos Fortes para o estacionamento, mas a faixa do lado esquerdo, do outro lado do comércio deixaria liberada para as pessoas colocarem os seus veículos”, falou Lauri.  


Foto: ClicRDC

Segundo a Administração Municipal, era comum no local, o semáforo abrir e fechar até cinco vezes sem que houvesse fluidez no tráfego, fato que gerava congestionamento nos cruzamentos e acidentes. Além disso, a rua John Kennedy é estreita, o que não permite que ela seja duplicada.

Por esses motivos, Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade determinou como melhor solução para a mobilidade urbana da rua John Kennedy, a mudança no tempo do semáforo, no cruzamento entre as ruas Sicília e Líbano e para que haja maior fluxo de veículos, foi retirado o estacionamento dos dois lados da via, que segundo a prefeitura possibilita maior vazão no trânsito do local.