Motorista que atropelou jovens na calçada em Chapecó perde a CNH e será ouvida em março | ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Motorista que atropelou jovens na calçada em Chapecó perde a CNH e será ouvida em março

Uma das jovens morreu

Foto: Reprodução/Câmera de Segurança

Uma motorista, apontada como responsável pelo atropelamento de duas jovens no centro de Chapecó, participará de audiência de instrução e julgamento no dia 31 de março. Na ocasião, testemunhas de acusação, defesa e a própria ré serão ouvidas.  Uma das jovens morreu. O atropelamento foi registrado por uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial. 

Ela teve o direito de dirigir suspenso até o final do processo. A denúncia apontou a motorista do carro como responsável pelo acidente, já que cruzou a via com sinal vermelho e atingiu outro veículo quando foi arremessada para a calçada onde estavam as vítimas.

A mulher é acusada de homicídio culposo – quando não há intenção de matar – e por isso o caso não vai a júri popular. Ela  tem o prazo de cinco dias para entregar a Carteira Nacional de Habilitação à justiça.  

Relembre o caso

Em novembro de 2018, duas jovens ficaram feridas após um carro invadir a calçada no centro de Chapecó. Um veículo VW/Bora de Chapecó, cruzou o sinal vermelho na Avenida Getúlio Vargas e foi colhido por um Chevrolet/Celta, que seguia pela rua Barão do Rio Branco. 

O Celta bateu na traseira do Bora, que consequentemente, ficou sem controle e invadiu a calçada. As vítimas estavam sentadas em frente a um estabelecimento comercial quando foram atropeladas e jogadas contra a parede da lanchonete. Uma das jovens envolvidas no acidente, Taís Wengenovicz, de 22 anos, faleceu sete dias depois.

Comentários do Facebook