Forte ventania deixou quatro pessoas mortas em Santa Catarina

Além da morte da idosa em Chapecó, outras três pessoas perderam a vida nesta terça-feira

O forte temporal com vendaval que atingiu Santa Catarina nesta terça-feira (30), deixou quatro pessoas mortas no Estado. Além da idosa morta em Chapecó, após uma árvore cair em sua residência, Santo Amaro da Imperatriz e Tijucas, na Grande Florianópolis e Ilhota, no Vale do Itajaí também registraram mortes.

Ilhota

Em Ilhota, no bairro Baú Baixo, um homem, de 59 anos, morreu, após o vento derrubar um murro sobre ele. Segundo informação do Corpo de Bombeiros, populares acionaram os socorristas. No local, a vítima já estava sem os sinais vitais.

Conforme os bombeiros, eles utilizaram técnicas de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas (BREC), para resgatar o corpo da vitima. Foi necessário elevar as vigas, para retirar o corpo do homem.



Santo Amaro da Imperatriz e Tijucas

Segundo levantamento do Corpo de Bombeiros Militar do estado, um homem morreu, em Santo Amaro da Imperatriz, após ser atingido por fios de alta-tensão. A terceira morte aconteceu na cidade de Tijucas após um desabamento. No local, outra pessoa está desaparecida. 

Segundo levantamento das coordenadorias regionais da Defesa Civil de Santa Catarina, 25 municípios foram atingidos no estado e os bombeiros atenderam a 900 ocorrências. A Defesa Civil relatou que ventos chegaram a 120km/h no Morro da Igreja, no Parque Nacional de São Joaquim, próximo ao município de Bom Jardim da Serra.


Foto: Divulgação/Defesa Civil de Santa Catarina