Polícia Militar e Exército Brasileiro realizam operação na fronteira de SC - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Polícia Militar e Exército Brasileiro realizam operação na fronteira de SC

A operação Ágata III, foi realizada entre os dias 15 e 19

Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Informações: G1

Entre os dias 15 e 19 de agosto de 2019, o Exército Brasileiro, Polícia Militar (PM) e outas oito instituições entre elas a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), realizaram no Oeste de Santa Catarina a operação Ágata III. Ela tinha como objetivo evitar crimes na área da fronteira de Santa Catarina e Argentina. Foram apreendidos diversos produtos ilegais, veículo roubado e drogas.

Mais de 400 policias trabalharam na operação. Foram abordadas 3.984 pessoas, três delas foram presas. Também foram realizadas 211 apreensões de produtos ilegais, entre eles, cigarros, eletrônicos, roupas, produtos de origem animal e alimentos. A polícia ainda encontrou apreendeu uma arma, 20 gramas de cocaína e 67 gramas de maconha.

O número total de veículos abordados foram de 2.463, sendo que 30 foram recolhidos, um veículo roubado foi recuperado e 15 carteiras de habilitação foram recolhidas. Também foram realizados 59 testes do bafômetro, e seis motoristas foram flagrados embriagados.

União de esforços


Esta não é a primeira vez que a Cidasc conta com o apoio das forças militares para operações deste porte. Em junho deste ano, policiais militares e auxiliares agropecuários fecharam todas as divisas e fronteira de Santa Catarina na Operação Ferrolho III.

Participaram da operação, além da Polícia Militar de Santa Catarina e da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC), o Exército Brasileiro (EB), o Departamento de Polícia Federal (DPF), o Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), a Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC), a Receita Federal do Brasil (RFB), o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) e a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF).