Polícia Federal não encontra indícios de crime de Carlos Moisés no caso dos respiradores

Confira a decisão do delegado da PF José Fernando Moraes Chuy

Foto: Divulgação/Instagram/@governadormoises

A Polícia Federal (PF) em Brasília concluiu na segunda-feira (26), o relatório sobre a compra do governo de Santa Catarina dos 200 respiradores da empresa Veigamed. Na decisão, o delegado José Fernando Moraes Chuy inocentou o governador Carlos Moisés, “Inexistência de indícios de crime por parte do governador”. As informações foram divulgadas pelo jornalista Raphael Faraco.

Após a decisão do delegado da PF José Fernando, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve abrir prazo para que a Procuradoria-Geral da República se manifeste.

Confira a conclusão do delegado da PF, José Fernando Moraes Chuy

Foto: Reprodução/Twitter