Polícia conclui investigações sobre apreensão de 27 kg de maconha escondidos em sítio no Oeste

O esquema de tráfico começou a ser investigado em 2019

Foto: Reprodução/Polícia Civil

A Polícia Civil de Chapecó, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) concluiu a investigação de uma grande apreensão de drogas, realizada em Cordilheira Alta (SC), em 26 de setembro de 2019. Na ocasião, 27 kg de maconha foram apreendidos.

Os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em um residência na Rua John Kennedy, em Chapecó, e em uma chácara rural na Linha Três Irmãos, em Cordilheira Alta. 

De acordo com a Polícia Civil, o inquérito foi concluído nesta quinta-feira (13). Os envolvidos foram indiciados por prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, com representação pela prisão preventiva do líder da associação. O homem é reincidente na prática de tráfico e está desaparecido.

Relembre o caso

A apreensão foi uma das maiores já realizadas em Cordilheira Alta (SC), com quase 30 quilos de maconha localizadas. A droga estava escondida dentro de um tonel metálico atrás de um canil, que era guardado por um cão da raça Rottweiller.

Na ocasião, o casal responsável pela droga estava desaparecido, mas eles foram identificados e interrogados na unidade policial. A polícia afirma que, depois de meses de investigação, o envolvimento um terceiro envolvido, que era responsável intelectual e líder do esquema de tráfico de drogas, foi identificado. Desmanche de veículos também era realizado na chácara.