OUÇA AO VIVO

InícioSEGURANÇA PÚBLICAPolícia Civil realiza prisão e apreensões no Oeste de SC

Polícia Civil realiza prisão e apreensões no Oeste de SC

A ação faz parte de uma investigação sobre crimes de tortura, tráfico de drogas e lesão corporal

Foto: Divulgação PC

Na tarde da última quarta-feira (19), a Polícia Civil, por meio da Delegacia da Comarca de Abelardo Luz (SC), com apoio do NOC de Xanxerê e da Polícia Militar de Abelardo Luz, cumpriu mandados de busca e apreensão contra quatro pessoas. Além disso, efetuou a prisão preventiva de um homem de 27 anos. A ação faz parte de uma investigação sobre crimes de tortura, tráfico de drogas e lesão corporal no município de Abelardo Luz.

Início da Investigação
A investigação começou em maio deste ano após uma denúncia de que três pessoas haviam sido agredidas com um martelo em um ponto de tráfico de drogas na cidade. A agressão teria sido cometida pelo homem preso hoje, junto com duas mulheres. Uma das vítimas relatou que foi violentada por cerca de meia hora, com ameaças de morte, golpes de martelo, socos e chutes na cabeça até desmaiar. Os agressores suspeitavam que a vítima, que também estava envolvida no tráfico de drogas, havia furtado parte de uma droga.

Decisão Judicial e Operação
Diante das informações e da extensa ficha criminal do principal suspeito, a Polícia Civil solicitou sua prisão preventiva e a busca e apreensão nos endereços dos investigados, incluindo um dos das vítimas. As medidas foram prontamente deferidas pelo Poder Judiciário após parecer favorável do Ministério Público.

- Continua após o anúncio -

Apreensões
Nas buscas, foram apreendidos um martelo (possivelmente utilizado nas agressões), uma porção de maconha, um aparelho de som avaliado em cerca de R$ 1.000,00, além de aparelhos celulares dos alvos. O material será analisado pelas Polícias Civil e Científica para instruir o inquérito policial em andamento.

Consequências
O homem preso foi encaminhado ao presídio regional, onde permanecerá à disposição das investigações e do Poder Judiciário. Todos os envolvidos, mesmo em liberdade, estão sob investigação e poderão responder pelos crimes de tortura, tráfico de drogas, lesão corporal e receptação.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

146,000SeguidoresCurtir
103,500SeguidoresSeguir
55,600SeguidoresSeguir
12,800InscritosInscreva-se