Polícia Civil prende suspeitos de planejar ataques nas eleições de 2018 em SC - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

Polícia Civil prende suspeitos de planejar ataques nas eleições de 2018 em SC

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (16), a Polícia Civil deflagrou a “Operação 72” em Santa Catarina. A ação conta com apoio da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e da  Diretoria de Investigações Criminais (Deic).

Segundo a polícia, as diligências resultaram em 50 prisões – 36 de suspeitos que já cumprem pena no sistema prisional – e apreensão de drogas, dinheiro em espécie e livros com registro da contabilidade do tráfico de entorpecentes.

Ao todo, foram cumpridos 72 mandados de prisão temporária e 34 de busca e apreensão nas cidades de Joinville, Itapoá, Balneário Barra do Sul, Tubarão, Capivari de Baixo, Bombinhas, Tijucas e Florianópolis com a participação de 180 policiais civis.

O inquérito da DRACO, coordenado pelo Delegado Antônio Cláudio de Seixas Jóca, apura crimes de organização criminosa, associação a organização criminosa, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fog

Segundo o diretor da DEIC, Delegado Luís Felipe Fuentes, o inquérito começou durante o período eleitoral de 2018 a partir de informações de possíveis ataques naquela época. “A investigação evolui e hoje estamos cumprindo esses mandados contra integrantes de duas organizações criminosas com atuação dentro e fora do sistema prisional”, relatou Fuentes.

Participaram da “Operação 72” policiais civis das Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville, Blumenau, Jaraguá do Sul, Laguna, Tubarão, Criciúma, Araranguá, além da Capital.