OUÇA AO VIVO

InícioSEGURANÇA PÚBLICAPelas redes sociais, homem ameaça invadir e atacar escola no Oeste de...

Pelas redes sociais, homem ameaça invadir e atacar escola no Oeste de Santa Catarina

Confira o teor das mensagens:

Foto: Divulgação/Rede Peperi

Na última semana, um homem, através de um perfil nas redes sociais, ameaçou entrar na Escola Maria da Glória Mattos, no distrito de Idamar, em Dionísio Cerqueira, no Oeste de Santa Catarina. Nas postagens, o suspeito afirmou que além de invadir a unidade escolar, iria atentar contra a vida das pessoas que estavam no local e na sequência cometeria suicídio. O caso é investigado pela Polícia Civil. As informações são da Rede Peperi.

Teor das ameaças

Nas redes sociais, o suspeito divulgou fotos com uma espingarda nas mãos apontada para a própria boca. Além de conter uma escrita com números satânicos e palavras de baixo calão. Nas postagens, o homem afirmava que iria invadir o local e cometer um atentado.

- Continua após o anúncio -

Para a Peperi, o delegado Claudir Stang, afirmou que a Polícia apura o caso para tentar confirmar a procedência das ameaças.

Nota do governo de Santa Catarina

Após a ameaça de ataque, a Secretaria de Estado da Educação, por meio da Coordenadoria Regional de Educação de Dionísio Cerqueira, do governo de Santa Catarina divulgou que tomou todas as providências cabíveis sobre o fato. Conforme a nota, não houve registro de nenhuma violência dentro da unidade escolar, mas a Polícia Militar foi acionada pela gestão da escola e faz rondas nas imediações da escola ao longo dos turnos matutino e vespertino.

Esclarecimento sobre a EEB Maria da Glória Mattos

A Secretaria de Estado da Educação, por meio da Coordenadoria Regional de Educação de Dionísio Cerqueira (CRC), informa que está tomando todas as providências cabíveis sobre a ameaça feita via redes sociais contra a EEB Maria da Glória Mattos.

Não houve registro de nenhuma violência dentro da unidade escolar, mas a Polícia Militar foi acionada pela gestão da escola, e está fazendo rondas nas imediações da escola ao longo dos turnos matutino e vespertino.

 O Núcleo de Educação e Prevenção às Violências na Escola (NEPRE) da Coordenadoria já foi acionado e deve enviar uma equipe multidisciplinar (assistente social e psicóloga) à escola na próxima semana para atender e acompanhar as demandas da comunidade escolar.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,003FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe