Pai é preso suspeito de tentar matar bebê de 30 dias em SC - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Pai é preso suspeito de tentar matar bebê de 30 dias em SC

Ele foi preso preventivamente na quarta-feira (3)

Informações G1

O pai de um bebê de 30 dias foi preso preventivamente na quarta-feira (3), suspeito de tentar matar a própria filha em Capinzal (SC). O homem negou ter asfixiado a menina, em depoimento prestado à Polícia Civil.  Também negou ter omitido socorro quando ela passou mal.

A menina foi levada pela mãe, no sábado (29), ao hospital. A bebê apresentava marcas no rosto – que são analisadas em exames do Instituto Geral de Perícias (IGP). No mesmo dia ela recebeu alta.

Suspeito

O Homem, de 26 anos, foi preso no sábado em flagrante, mas foi solto após audiência de custódia. No dia seguinte da custódia, a Justiça decretou a prisão preventiva. Segundo o G1, a Polícia Civil deve ouvir testemunhas e receber a perícia dos ferimentos da menina até o fim de semana.

Para a polícia o homem disse que a criança teve uma espécie de asfixia, causada pelo aleitamento ou algo parecido estava prejudicando a respiração dela.

Caso

Conforme o G1, para a delegada a  mãe da criança, de 20 anos, disse que no sábado deixou a menina aos cuidados do pai, enquanto tomava banho. Ela ouviu a menina chorando e a bebê parou repentinamente com o choro.  Foi até o quarto e percebeu que a menina estava com a pele “roxinha’ e não respirava direito.

A jovem foi até a casa dos pais e pediu socorro, eles fizeram uma reanimação e a criança voltou a respirar. A menina foi levada ao Hospital Nossa Senhora das Dores, em Capinzal.