Pai de terapeuta de São Lourenço do Oeste é preso pela morte da filha no PR - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Pai de terapeuta de São Lourenço do Oeste é preso pela morte da filha no PR

Foto: Reprodução/RPC

Aline Miotto Nadolny, de 27 anos,  foi encontrada morta no último dia 6,  na Colônia Penal Agrícola de Piraquara, Curitiba/PR. Ela era natural de São Lourenço do Oeste e morava  com o companheiro na cidade paranaense. O pai dela foi preso preventivamente, na quinta-feira (13). Ele confessou o crime em depoimento.

 O pai da terapeuta, Luiz carlos Nadolny de 48 anos, em depoimento à policia confessou o crime e disse que a motivação foi um problema familiar.  A prisão foi autorizada pelo juiz da Vara Criminal de Piraquara, Rubens dos Santos Junior.

Crime

No dia 6 de junho a jovem foi encontrada morta pelo marido. Ela saiu para trabalhar a pé. Cerca de dez quadras de onde mora o celular parou de funcionar, por volta das 6h. O marido disse que estranhou que a mulher não respondia as mensagens dele. Ele ligou no trabalho dela e informaram que a terapeuta não tinha ido trabalhar.

 Nove horas após o desaparecimento, o marido encontrou o corpo da terapeuta em um matagal, próximo a Colônia Penal Agrícola em Piraquara. A jovem apresentava sinais de violência, com ferimentos no rosto.

A vítima foi enforcada com o próprio cachecol, segundo a polícia.  A polícia disse que a vítima prestava serviço no presídio, mas o Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen), segundo o portal G1, afirmou que ela não fazia parte do quadro de funcionários da Colônia Penal Agrícola.

Informações Portal G1