Mãe morre baleada ao defender filha em Santa Catarina

Crime aconteceu após mãe e filha voltarem da delegacia, onde registraram boletim de ocorrência contra o suspeito


Uma mulher, de 40 anos, foi morta a tiros no bairro Balneário Palmeira, em Itapoá, no Norte de Santa Catarina. Segundo informações da Polícia Civil para portal O Município, ela foi atingida pelos disparos, para evitar que a filha fosse atingida. O fato aconteceu na sexta-feira (7).

Conforme O Município, a filha informou durante o atendimento médico que a intenção do homem era matá-la, mas que a mãe  entrou na sua frente e foi atingida pelos tiros. A jovem, que não teve idade e identidade revelada foi ferida com golpes de coronhada.

Para o Município, o delegado Saul Bogoni Júnior informou que a briga entre os vizinhos já havia iniciado há dias. Antes do crime, as duas mulheres tinham ido à Delegacia de Polícia para registrar um boletim de ocorrência contra o homem, que é suspeito do crime e está foragido. Ao retornarem pra casa, a briga continuou e ele atirou contra as vítimas.

A Polícia Civil irá investigar o crime.