Homem ameaça prima de morte em Chapecó

Após apertar a campainha de forma exaustiva, o suspeito causou um curto circuito ou superaquecimento

Foto: ClicRDC

Um homem, de 28 anos, foi detido após ameaçar a prima, de 25 anos, na rua Osvaldo Cruz, bairro São Cristóvão, em Chapecó. A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar (PM) por volta das 11h da manhã de sábado (21). Além da ameaça, o suspeito causou um curto circuito ou superaquecimento na campainha após apertá-la de forma exaustiva. 

De acordo com a PM, quando a guarnição chegou até o local, o homem estava dentro do pátio da residência da vítima, bastante alterado. Com o homem, os policiais encontraram uma faca de 22 cm, com o cabo de plástico. A prima, de 25 anos, relatou aos policiais que tem sofrido ameaças de morte por parte dele. Ela disse que o suspeito a seguiu até a residência, tentou entrar no local e disse que mataria a vítima e a mãe, de 40 anos, que também estava na residência.

A vítima relata aos policiais, ainda, que o suspeito começou a apertar a campainha de forma exaustiva e devido ao uso incorreto, houve um curto circuito ou superaquecimento no sistema – que pegou fogo na parte interna de um salão de beleza, anexo à residência. Para controlar o incêndio, foi necessário desligar o disjuntor, de acordo com a vítima.

Ainda segundo o relato, a vítima se trancou no banheiro até a chegada dos policiais. O homem foi detido e conduzido à Central de Plantão Policial (CPP) para esclarecimento. A PM diz que no deslocamento, o homem se debatia no interior da viatura – bastante perturbado e com sinais de uso de drogas. As vítimas o acompanharam e disseram que já tinham registros contra o autor – que ficou um tempo preso, mas após ser solto voltou a fazer ameaças.